Sistema Integrado de Administração de Serviços – SIADS – Instituto Federal do Paraná

Sistema Integrado de Administração de Serviços – SIADS

Última atualização:

Copiado!

Sistema Integrado de Administração de Serviços


“O Siads é uma solução que possibilita aos órgãos da Administração Pública Federal um controle completo e efetivo de seus estoques de materiais, bens patrimoniais e serviços de transporte.

O sistema permite o controle permanente de depreciação dos bens, viabiliza a realização de inventário eletrônico em plataforma mobile e amplia a automação do registro contábil, ao possibilitar que o ato e fato das ações administrativas sejam registrados no Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal), em tempo real por meio do Siads.

O Siads está aderente a Lei nº 4.320/64 que estabelece as normas de controle de orçamentos e balanços, ao Decreto nº 9.373/18 que regulamenta a movimentação e desfazimento de materiais, a IN nº 205/88 que trata de gestão de materiais e ao Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP).

Além dessas legislações, o sistema é continuamente atualizado para estar em consonância com as definições governamentais sobre gestão de materiais e está disponível para uso pelas instituições públicas mediante contratação específica.”

Veja mais no site do Tesouro Nacional – STN

Sendo a sua implantação obrigatória para o IFPR até 31/12/2021, a Comissão Central, desde o início do ano vem preparando as unidades para sua implantação, confira abaixo as informações sobre o assunto:

– Linha do tempo no IFPR:

– Portaria da Comissão Central de Implantação do SIADS:
 PORTARIA Nº 181, DE 14 DE JULHO DE 2021


– Portaria que Disciplina as atribuições da Comissão Central durante a implantação e das Comissões Locais das UGs: PORTARIA Nº 152, DE 18 DE MAIO DE 2021


– Processo Sei de implantação do SIADS com as deliberações da Comissão, relatórios, ordens de serviços e atas de reuniões: 23411.013016/2018-83


– Processos das comissões locais:

CAMPUSPROCESSO
Campus Curitiba (UGE: 158395)23411.004493/2021-53
Campus Colombo (UGE: 156547)23411.001369/2021-36
Campus Irati (UGE: 154674)23411.001367/2021-47
Campus Jaguariaíva (UGE: 156543).23411.001378/2021-27
Campus Pinhais (UGE: 156154).23411.001375/2021-93
Campus Pitanga (UGE: 156545).23411.001380/2021-04
Campus União da Vitória
(UGE: 156546)
23411.002343/2021-13
Campi Capanema e Avançado
Barracão (UGE: 156542)
23411.004646/2021-62
Campus Campo Largo
(UGE: 154672)
23411.004648/2021-51
Campus Assis Chateaubriand
(UGE: 154671)
23411.004649/2021-04
Campus Foz do Iguaçu
(UGE: 158396)
23411.004651/2021-75
Campus Ivaiporã (UGE: 154675)23411.004652/2021-10
Campus Jacarezinho (UGE: 158400)23411.004653/2021-64
Campus Paranaguá (UGE:) 15839723411.004654/2021-17
Campus Paranavaí (UGE: 158398)23411.004655/2021-53
Campus Telêmaco Borba
(UGE: 158399)
23411.004656/2021-06
Campi Cascavel e Avançado Quedas (UGE: 154673)23411.004657/2021-42
Campi Londrina, Avançados Astorga e Arapongas (UGE: 154699)23411.004659/2021-31
Campi Palmas e Avançado Coronel Vivida (UGE: 154676)23411.004667/2021-88
Campi Umuarama e Avançado Goioerê (UGE: 158402)23411.004669/2021-77
Reitoria e EAD (UGE: 158009)23411.005442/2021-49


Perguntas e respostas:

1. No que consiste a Implantação?

A implantação consiste em migrar as informações constantes no SIPAC – módulos almoxarifado e patrimônio para o SIADS.


2. A implantação vai corrigir as informações constantes no SIPAC nos módulos almoxarifado e patrimônio?

Não. A implantação não irá:

– localizar  bens sem paradeiro;

– atualizar organograma ou responsáveis;

– corrigir localização, movimentação de bens,  reclassificação, detentor de carga patrimonial, saldos no SIAFI,  contas contábeis ou grupos ou  especificações de materiais.


3. Quando e em qual sistema será possível corrigir as informações no SIPAC?

Em dois momentos: No SIPAC até a data de corte de extração de dados do SIPAC para a implantação no SIADS ou, após a implantação, no SIADS execução.


4. Será necessário migrar as informações do Sistema Pergamum (controle analítico do acervo bibliográfico) para o SIADS?

Não. De acordo com a STN estuda-se a integração do Pergamum com o SIADS, não sendo obrigatória a implantação do SIADS, ao menos neste momento, para o acervo bibliográfico considerado como bens permanentes.


5. No que consiste e qual o objetivo da pré-implantação no campus/unidade?

O objetivo é reduzir o tempo de implantação e utilização de controles paralelos; 

Consiste em correlacionar e/ou criar o catálogo de materiais do SIPAC no SIADS, criando uma Planilha de referência institucional,  construída coletivamente.

A evolução da quantidade de itens correlacionados e o cronograma, poderão ser consultados no link CADMAT COMPLETO;

6. Quais as Etapas de implantação?

Em linhas gerais a implantação é composta de 5 etapas:


ETAPA 1: PREPARAÇÃO DO CAMPUS/SERVIDORES DA COMISSÃO LOCAL – 10 DIAS ÚTEIS – Comissão central irá apresentar as etapas de implantação, as orientações necessárias para que a unidade possa preparar para iniciar a implantação e realizar o bloqueio dos módulos almoxarifado e patrimônio no SIPAC.

ETAPA 2: CRIAÇÃO DO AMBIENTE NO SIADS COM AS UORGS DA UNIDADE –  5 DIAS ÚTEIS – Comissão central irá exportar o arquivo do sistema desenvolvido pela DTIC (MSS) e irá importar no sistema SIADS com as UORGs da unidade.  Caberá à unidade realizar a conferência do ambiente organizacional dentro do SIADS.

ETAPA 3 – IMPLANTAÇÃO DO MÓDULO ALMOXARIFADO – 30 DIAS ÚTEIS – Esta etapa poderá ser realizada concomitantemente com a ETAPA 2. A comissão central irá entregar a planilha do almoxarifado para correções. Realizadas as correções, a planilha retornará para a comissão central que irá realizar a importação do almoxarifado dentro do SIADS e validar. Caberá à comissão local realizar o correlacionamento do item de acordo com os códigos indicados na planilha CADMAT COMPLETO, solicitar o cadastro de materiais e ignorar quando necessário.

ETAPA 4 – IMPLANTAÇÃO DO MÓDULO PATRIMÔNIO –  30 DIAS ÚTEIS* – Para iniciar esta etapa é necessário a conclusão da Etapa 2 e poderá ser realizada concomitantemente com a etapa 3. A comissão central irá entregar a planilha do patrimônio para correções. Realizadas as correções, a planilha retornará para a comissão central que irá realizar a importação do patrimônio dentro do SIADS e validar. Caberá à comissão local realizar o correlacionamento do item de acordo com os códigos indicados na planilha CADMAT COMPLETO, solicitar o cadastro de materiais e ignorar quando necessário.

ETAPA 5 – BATIMENTO – VALIDAÇÃO- SIADS X SIAFI – 5 DIAS ÚTEIS – Nesta etapa ocorre o batimento dos valores gerados no SIADS com o SIAFI, conforme orientações dos membros da comissão central representantes da CCONT e DCF.

VALIDAÇÃO E EXPORTAÇÃO: GESTOR DO PATRIMÔNIO E ALMOXARIFADO: Informar via processo a finalização e determinar que nenhum lançamento seja feito. COMISSÃO CENTRAL: abre chamado na STN para validação da implantação e exporta para o grande porte. COMISSÃO LOCAL: Valida a exportação e efetiva no grande porte

EXECUÇÃO: COMISSÃO LOCAL: realizar as entradas, saídas e movimentações dos materiais recebidos, consumidos, baixados ou movimentados durante a implantação, atualizações de UORGs e detentores e dos materiais que foram ignorados durante a implantação

Demais procedimentos e detalhamentos estão expostos na portaria
PORTARIA Nº 152, DE 18 DE MAIO DE 2021

7. Qual é o fluxograma de implantação dos Grupos 01 e 02 de unidades?

Implantação GRUPO 01

Implantação GRUPO 02

8. Em que fase a minha unidade está na pré ou na implantação?

A evolução da quantidade de itens correlacionados e o cronograma de pré-implantação e implantação, poderão ser consultados no link CADMAT COMPLETO

9. Como faço para entrar em contato com a comissão central?

Pelo e-mail siads@ifpr.edu.br

10. Há vídeos e tutorias do SIADS?

Sim. Constantemente a STN vem disponibilizando vídeos e tutorias sobre como utilizar o SIADS em seus canais de comunicação.

Confira abaixo alguns destes vídeos e tutoriais:


Tutorial Interativo


Videoaulas:

Aulão SIADS Parte 01: Introdução ao Sistema

Tópicos:

00:15:30 – Como acessar o sistema Siads (tela preta).

00:43:45 – Como acessar o Siads Web https://siads.fazenda.gov.br/siadsweb/private/default.

  • 00:44:20 – Trocar UG (dentro do Siads Web).
  • 00:46:32 – Tutorial Siads .
  • (Há Tutorial Siads na tela inicial, fora do Siads Web e também dentro do Siads Web).

00:50:11 – Cadastro de Terceiros – CADTER.

01:36:18 – Cadastro de órgãos – CADORG.

02:13:06 – CADMAT.

  • 02:23:18 – Como identificar no CADMAT o item de material.
  • 02:26:05 – Consulta de Item de Material CONITEMMAT.
  • 02:35:06 – Consulta de Material por Radical CONIMATRAD.
  • 02:44:22 – Personalização de itens  (ex.: escolher unidade de fornecimento).

Aulão SIADS Parte 02: Subsistema Estoque

Tópicos:

00:03:34 – A palestrante do dia dá uma explicação adicional sobre o CADORG. 

00:04:04 – O que é UG e UASG.

00:08:35 – O que é UORG.

00:11:25 – SIADS WEB (Fala sobre estoque no SIADS WEB).

00:21:10 – 3 funcionalidades que foram criadas novas no Estoque (transferência externa: movimentação de bens de consumo – almoxarifado – entre órgãos diferentes; transferência interna: movimentação de bens de consumo – almoxarifado – dentro do mesmo órgão).

00:23:00 – Acesso e apresentação do SIADS WEB.

00:24:16 – Fala sobre o ícone Pendências (pendências de reenvio para o SIAFI) (só consegue regularizar lançamento de pendências dentro do exercício do documento).

00:28:58 – Entrando no ícone Estoque (já inicia falando das entradas orçamentárias, que são as entradas por empenho).

00:29:47 – Empenho.

00:33:26 – Consulta de empenho.

00:35:00 – Para vincular um item de material a um empenho é preciso personalizá-lo.

00:37:26 – Descrição do material.

00:37:35 – Unidades de fornecimento.

00:40:50 – Sistema de mensuração de estoque: valor médio. 

00:48:28 – Almoxarifado descentralizado.

00:50:05 – Respondendo à pergunta sobre perfis.

00:50:47 – Respondendo à pergunta sobre lançamento das notas de sistema.

00:52:02 – Respondendo à pergunta se na hora de dar entrada no empenho pode se corrigir um erro na compra.

00:55:15 – Respondendo à pergunta sobre como acertar o quantitativo de itens e valores se o registro for feito a maior.

00:57:50 – Entrada com glosa de parte do valor.

00:59:11 – Respondendo à pergunta se depois de dada entrada pode se desmembrar ou juntar alguma unidade no estoque. 

01:00:34 – Respondendo à pergunta se a liquidação da nota no Siads substitui a liquidação no Siafi Web.

01:01:30 – Validar itens de material do empenho.

01:01:44 – Novos empenhos. 

01:05:37 – Vinculação do empenho. 

01:13:00 – Liquidação de uma nota fiscal. 

01:13:16 – Entradas (listar entradas, tipos de entrada). 

01:13:54 – O que são várias estruturas. 

01:30:02 – Respondendo à pergunta “se uma empresa entrega uma parte da compra do empenho validado o valor total, como farei o cadastro, como único lançamento?” 

01:31:05 – Respondendo pergunta se é possível no campo nota fiscal trazer todos os dados da DANFE online. 

01:31:05 – Respondendo pergunta se o Siads aceita todos os subitens de material de consumo (ex.: medicamentos, material hospitalar, material de laboratório). 

01:33:15 – Respondendo à pergunta que questiona a implantação desse sistema até o final de 2021 se o mesmo não atende as necessidades das universidades que possuem diversos almoxarifados. 

01:35:15 – Respondendo à pergunta se quando se recebe um computador que já está no empenho se consegue desmembrar o computador e teclado. 

01:38:08 – Relatório do espelho do documento de entrada. 

01:39:00 – Comprovante de entrada no almoxarifado. 

01:40:54 – Relatório de material permanente (do final do último tópico, pegando. gancho no próximo).

01:42:24 – Sobre estorno de documento de permanente. 

01:44:09 – Ela faz uma Nova Entrada (aqui há 3 tipos de entrada: 215 – Consumo. Compra; 214 – Consumo Imediato e; 115 – Permanente Compra).

01:45:28 – Fazendo uma entrada de consumo. 

  • 01:55:07 – Explicando mais sobre o novo modelo de almoxarifado. descentralizado (torna possível informar mais de um endereço). 
  • 01:55:49 – Explicando sobre descrição complementar. 
  • 01:56:17 – Adicionar material. 
  • 01:59:59 – Concluir entrada (nesse ato se envia o lançamento pro SIAFI). 
  • 02:03:01 – Depois do documento concluído pode-se estornar. 

02:04:25 –  Ela explica que o Siads web é mais prático que o grande porte porque ali dá para consultar, estornar e emitir relatório  tudo num mesmo lugar. 

02:05:06 – Fazendo uma entrada de permanente. 

  • O mesmo feito para consumo (em 01:45:28, só que agora para permanente).
  • 02:08:00 Botão azul de ação – número patrimonial: gera patrimônios para item de entrada permanente. 

02:13:36 – Requisição. 

02:38:17 – Transferências. 

02:48:25 – Relatórios. 

02:59:20 – Respondendo à pergunta sobre a glosa. 

03:00:28 – Respondendo à pergunta “como ficam as retenções tributárias das notas fiscais no Siads, precisam ser calculadas no momento de entrada?” 

03:01:05 – Respondendo pergunta se a partir da implantação do Siads a liquidação da nota fiscal será realizada pelo almoxarifado.

Aulão SIADS 3: Subsistema Patrimônio

Tópicos:

00:09:50 – Canais de atendimento.

00:09:57 – E-mail institucional do Siads para enviar sugestões, solicitar informações, etc (siads@tesouro.gov.br).

00:10:30 – Sobre o e-mail Siads Implanta (dedicado às unidades que estão em processo de implantação).

00:11:10 – E-serviços (para habilitação de cadastrador, criação de uorgs, criação de item de material, enfim, serviços atendidos pela equipe Siads).

00:13:10 – Existe canal de atendimento do Serpro, que é a central de atendimentos para problemas no sistema.

00:15:05 – Respondendo pergunta de como fazer para disponibilizar o sistema Siads Treinamento.

00:17:07 – Respondendo pergunta de quando se vai precisar fazer a personalização de um item de material.

00:18;00 – Mesmo item de material personalizado em contas contábeis diferentes em unidades diferentes.

00:19:25 – Respondendo pergunta sobre a questão do Termo de Responsabilidade.

00:19:57 – Respondendo pergunta sobre se é possível habilitar usuários terceirizados e estagiários.

00:22:02 – Sistema de homologação.

00:22:54 – Abrindo o sistema de Patrimônio no grande porte (para fazer a homologação).

00:24:00 – Atribuição de faixa patrimonial.

00:30:50 – Como deve ser a etiqueta patrimonial.

00:32:05 – Implantação – cadastramento de bens.

00:32:17 – Módulo entrada (sistema de Patrimônio).

00:33:45 – Inclusão de entrada de bens (precisa ter o item de material personalizado para fazer esse registro).

00:49:09 – Retorno à inclusão de entrada de bens (após queda do sistema durante a apresentação).

00:51:25 – Quando se tecla Enter vai aparecer os “bens patrimoniais cadastrados com os números”.

00:52:08 – O palestrante retorna à faixa patrimonial.

00:53:20 – Consulta de entrada de bens.

00:53:47 – Acessando a consulta detalhada.

00:55:38 – Consulta parametrizada.

00:57:30 – Altera bem cadastrado e ainda não implantado.

00:59:00 – Relatório de entrada de bens.

00:59:03 – Imprimir o relatório por conta contábil.

01:01:33 – Implantação de fato (implantar bens e gerar termo de responsabilidade).

01:08:08 – Depreciação de um bem implantado.

01:10:27 – O sistema calcula a depreciação todo o último dia útil do mês.

01:16:15 – Respondendo à pergunta sobre quando inicia a Depreciação no Siads.

01:19:05 – Situações nas quais o sistema não calcula a Depreciação.

01:20:27 – Ocasiões em que a Depreciação é interrompida.

01:21:17 – Respondendo pergunta sobre quando se faz o cadastramento do bem, sobre gerar a faixa, sobre o número e sobre como se perde a faixa.

01:22:43 – Plaquetas com radiofrequência.

01:23:55 – Dúvidas sobre a aplicação dos 3 tipos de plaqueta.

01:25:15  – Fase de Movimentação dos Bens.

01:26:20 – Troca de responsabilidade.

01:31:05  – Troca item de material.

01:36:44 – Relatório de RMB.

01:43:00  – Consulta histórico de movimentação de bem.

01:45:14 – Movimentação por conta contábil.

01:46:25  – Relatório analítico das movimentações patrimoniais.

01:51:20 – Erros de sistema causando diferenças entre relatório de inventário e RMB.

01:51:58 – Relatório de bens por conta.

01:53:56 – Transferência por apuração especial.

01:55:01 – Transferência externa com avaliação.

01:58:06 – Transferência direta externa.

02:14:09 – Módulo Avaliação.

02:14:55 – Respondendo pergunta do porque o relatório de inventário de almoxarifado, bens e consumo é emitido fora de ordem alfabética.

02:15:38 – Respondendo pergunta se bens de terceiro cadastrado na UG sofrem depreciação.

02:16:28 – Respondendo pergunta sobre personalização de subitem.

02:18:07 – Respondendo pergunta sobre impressão de relatório de inventário de 2019.

02:19:08 – Respondendo dúvidas sobre diferenças entre Siads Web e Siads tela preta.

02:21:40 – Respondendo se o modo de transferência externa direta pode ser usado na doação (não).

02:22:00 – Doação de bens.

02:22:57 – Reforçando sobre avaliação de situação.

02:28:00 – Avaliação de destinação (ocorre após 10 dias a contar da avaliação de situação).

02:30:40 – Fazendo a saída (baixa administrativa; doação/venda; inutilização/abandono).

02:35:29 – Avaliar a situação de bens (dentro do Sistema de Avaliação).

02:40:41 – Relatório de saída.

02:42:50 – Intangíveis.

02:57:20 – RMI.

03:04:03 – Respondendo pergunta se uma homologação iniciada por um usuário pode ser concluída por outro usuário da mesma unidade e com mesmo perfil.


Subsistema Estoque – Parte 01


Subsistema Estoque – Parte 02


Subsistema Estoque – Parte 03


Subsistema Estoque – Parte 04


Subsistema Patrimônio – Parte 1

https://www.youtube.com/watch?v=9J1y4yZPjks&t=333s


Subsistema Patrimônio – Parte 2 

https://www.youtube.com/watch?v=iVce0JSh0ls


Subsistema Patrimônio – Parte 3 

https://www.youtube.com/watch?v=hKCmow3m2uM


Topo

Opinião

Sua opinião é importante para melhorar o site do IFPR.
Responda o questionário e nos ajude a fazer um site cada vez melhor.