Formações – Conapne – Instituto Federal do Paraná

Formações – Conapne

Última atualização:

Copiado!

A relevância da formação continuada na educação contemporânea é inquestionável, dada a natureza dinâmica e em constante evolução desse cenário. É imperativo que todos os servidores e colaboradores de uma instituição tenham acesso a conhecimentos atualizados, promovendo a adaptação a novas práticas educacionais e sociais. A formação continuada desempenha um papel crucial ao possibilitar que os profissionais aprimorem suas habilidades existentes, assimilem novos conhecimentos e estejam atualizados com os mais recentes estudos sobre educação, inclusão e avanços em suas áreas específicas. Além disso, ela estimula uma mentalidade de aprendizado contínuo, fomentando a curiosidade e a disposição para enfrentar desafios. Essa abordagem é essencial para ampliar o conhecimento dos educadores, formando-os a adotar métodos de ensino inovadores e inclusivos, atender às diversas demandas dos estudantes e integrar tecnologias emergentes. Em síntese, a formação continuada não apenas representa um investimento cultural, social e educacional estratégico para impulsionar o crescimento individual, mas também contribui para o avanço e a excelência em uma educação integral, transformadora e emancipatória. Para contribuir com esses momentos a CONAPNE em parceria com outros setores e instituições sempre está promovendo a formação continuada. Muitas dessas formações são gravadas e estão disponíveis no Canal Conexão IFPR do YOUTUBE- Playlist Conapne

Conhecer e incluir o transtorno do espectro autista (TEA) na educação é um imperativo que vai além da mera aceitação das diferenças, constituindo-se em um compromisso essencial para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Ao compreender as nuances do TEA, educadores podem adaptar estratégias pedagógicas para atender às necessidades específicas de alunos com esse transtorno, promovendo um ambiente educacional acolhedor e estimulante. A inclusão não se trata apenas de garantir acesso físico, mas também de criar espaços onde a diversidade é não apenas tolerada, mas celebrada. Ao reconhecer as características individuais de cada aluno com TEA, a educação se transforma em uma ferramenta poderosa para potencializar habilidades, fomentar o desenvolvimento social e proporcionar oportunidades significativas de aprendizado. Dessa forma, a inclusão do TEA na educação não apenas enriquece o ambiente escolar, mas contribui para a formação de cidadãos conscientes, respeitosos e preparados para a convivência em uma sociedade verdadeiramente inclusiva.

A oferta do esporte para o estudante com deficiência no IFPR: um movimento de reprodução ou resistência?


A oferta do esporte para o estudante com deficiência no IFPR representa mais do que simplesmente uma inclusão nas atividades físicas; é um movimento que transcende a reprodução de padrões, transformando-se em um ato de resistência. Ao proporcionar oportunidades equitativas para a participação de estudantes com deficiência em atividades esportivas, o IFPR desafia estereótipos e rompe barreiras, promovendo a igualdade de acesso e a valorização da diversidade. Essa iniciativa não apenas reproduz o ambiente esportivo, mas age como um catalisador de resistência, desafiando normas preexistentes e construindo uma cultura inclusiva que reflete os princípios de respeito, autonomia e protagonismo para todos os estudantes, independentemente de suas habilidades físicas. O esporte, assim, torna-se uma poderosa ferramenta de empoderamento, destacando a capacidade dos estudantes com deficiência não apenas de participar, mas de liderar e inspirar mudanças significativas no cenário educacional.

Fórum Permanente de Educação Inclusiva do #IFPR

Fórum com diversos temas sobre a educação especial e inclusiva.

21 de Setembro- Nada sobre nós sem nós!

Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência

Em 21 de setembro, celebra-se o “Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência”, uma data destinada a destacar uma parcela significativa da população brasileira que clama por inclusão, equidade e repudia discursos capacitistas. Em seus campi distribuídos por todo o território paranaense, o Instituto Federal do Paraná (IFPR), em colaboração com a Conapne e Cnapnes, promoveu ações de conscientização sobre esse tema crucial.

A Cnapnes, estabelecendo uma relação de confiança, respeito e parceria com os estudantes que possuem necessidades específicas, e seguindo o lema “Nada sobre nós, sem nós”, dedica-se incessantemente a fomentar uma educação libertadora. Isso implica no desenvolvimento do senso crítico e autonomia desses sujeitos, inclusive na participação ativa em decisões que afetam suas vidas e os ambientes aos quais pertencem.

Formação sobre a Resolução CONSUP/IFPR nº 148 de 2023- Adaptação de materiais e atividades e a Flexibilização Curricular

A importância da Flexibilização curricular para estudantes com necessidades educacionais específicas é fundamental para garantir uma educação inclusiva e equitativa, vidando proporcionar um ambiente de aprendizado que seja acessível a todos. Essas Flexibilizações podem envolver modificações no conteúdo, nas estratégias de ensino, nas avaliações e nos recursos, objetivando atender às diferentes habilidades, metodologias de ensino e aprendizagem e ritmos de cada aluno. A Flexibilização curricular não apenas proporciona a participação plena dos alunos com necessidades específicas, mas também promove a valorização da diversidade e o respeito pela singularidade de cada indivíduo. Ao implementar práticas adaptativas, as instituições de ensino não apenas cumprem um dever ético, mas também fortalecem o potencial de cada discente, contribuindo para a construção de uma sociedade mais inclusiva e igualitária

O Trabalho do professor de Educação Especial no IFPR

O docente de educação especial desempenha um papel fundamental no cenário educacional. Esse profissional desafia as barreiras do ensino convencional, adaptando métodos, estratégias e recursos para garantir que cada estudante com necessidade educacional específica receba suporte individualizado, promovendo assim um ambiente educacional verdadeiramente inclusivo.

A CNAPNE construindo pontes: conhecendo o trabalho da coordenação para transformar o espaço escolar

Roda de Conversa para refletir sobre a importância do trabalho da CNAPNE, a vivência dentro dos campi, troca de experiências e organização do trabalho para o segundo semestre de 2023.

Topo

Opinião

Sua opinião é importante para melhorar o site do IFPR.
Responda o questionário e nos ajude a fazer um site cada vez melhor.