Astorga poderá receber uma unidade do IFPR – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Astorga poderá receber uma unidade do IFPR

Publicado em

Copiado!

O Município de Astorga, Região Norte do Paraná, pode ser um dos primeiros a receber uma unidade descentralizada (UNED) do Instituto Federal do Paraná (IFPR). Nesta segunda-feira (19), uma comitiva do município esteve em Curitiba para apresentar ao reitor Irineu Colombo a Lei, já sancionada, que cede um terreno para as futuras instalações do IFPR. As obras devem começar no início do segundo semestre de 2012 e a previsão é a de que já em 2013 sejam ofertados os primeiros cursos.

A nova unidade está sendo viabilizada, em grande parte, devido à liberação de uma emenda parlamentar, de autoria do ex-deputado federal Ricardo Barros, no valor de R$ 1,5 milhão. Esse recurso já está em posse do IFPR e deverá custear boa parte da construção de salas de aula e demais estruturas necessárias.

Para o prefeito Arquimedes Ziroldo, a ida do IFPR para o município deverá alterar o perfil socioeconômico da região. “Estamos muito felizes, pois o Instituto pode fomentar o desenvolvimento da cidade e dos municípios do entorno”, comemorou.

“Muitas pessoas ainda não avaliam a importância de uma unidade de instituto federal em uma cidade como Astorga; isso representa mudanças profundas que só começarão a ser sentidas pela comunidade daqui a alguns anos”, comentou o deputado federal Alex Canziani, que acompanha o processo de expansão do IFPR.

Outra parlamentar que contribuiu para que Astorga vivesse a perspectiva de receber a uned foi a deputada federal Cida Borghetti, que trabalhou pela liberação da emenda de Ricardo Barros.

Segundo o reitor Irineu Colombo, esta pode ser uma das primeiras unidades descentralizadas do IFPR, que atuarão, prioritariamente, com cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), cursos na modalidade de Educação à Distância (EAD) e cursos técnicos concomitantes ao Ensino Médio. “Astorga, por exemplo, deverá ter cerca de 20 professores e estará vinculada ao Câmpus Londrina”, explicou Colombo.

A instalação do IFPR em Astorga ainda depende de aprovação formal do Governo Federal.

Mais fotos deste evento estão disponíveis na Página do IFPR no Facebook

Topo