Campi convidam à reflexão nas atividades do Dia Internacional da Mulher – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Campi convidam à reflexão nas atividades do Dia Internacional da Mulher

Publicado em

Copiado!

Como forma de comemorar o Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta terça-feira (08), e também contribuir para a discussão sobre as questões de gênero e o combate à discriminação, diversos campi do Instituto Federal do Paraná organizaram atividades reflexivas.

No Campus Astorga, os meninos – estudantes e servidores – ganharam flores, e dentro delas encontraram folhetos contendo diversas estatísticas sobre a violência e a desigualdade contra a mulher. Conduzida pelas professoras Luíza, Livia e Nádia, a discussão proporcionada esclareceu o real significado do Dia Internacional da Mulher, como dia de luta por igualdade de direitos historicamente negados às mulheres.

Em Campo Largo, foi promovida uma palestra – seguida de debate – com o tema “Gênero e Desigualdade Social: as marcas do machismo e do patriarcado na sociedade brasileira”. A palestra foi proferida pela supervisora regional da Fundação de Ação Social de Curitiba, Dara Rosa dos Santos, ativista nas questões de igualdade de gênero e combate à discriminação; Dara atua em diversos movimentos sociais, entre eles a Marcha Mundial da Mulher. Outras atividades relativas ao dia serão realizadas nesta semana e ao longo do mês de março no campus, organizadas pela equipe pedagógica e coordenações.

Uma programação especial para os alunos em comemoração à data foi realizada, no dia 07, no Campus Colombo. Houve um debate em que foram discutidos temas como os direitos das mulheres, violência, lutas e a condição de vida e de trabalho para esse grupo na contemporaneidade. O debate teve a participação da promotora de justiça Mariana Seifert Bazzo, da pedagoga e representante do Movimento Negro Maria de Lourdes de Souza, do coletivo da “Marcha das Vadias” e do “Núcleo de Mulheres” do Psol.

Na capital, o “Dia da Mulher no Campus Curitiba – Um dia preparado para você!” ocorre durante o dia todo. Promovido pelo curso de Organizador de Eventos noturno da unidade – ofertado via Pronatec – e coordenado pela professora Sirlei Branco Lima, o evento conta com palestras, exposições de mulheres empreendedoras, consultorias e massagens, além de oficinas de elaboração de currículo, utilização de redes sociais, network, etiqueta social, maquiagem e sorteio de brindes. Será fornecida certificação aos participantes das palestras.

No Campus Foz do Iguaçu, o curso de Licenciatura em Física promove a exposição “Semana Valentina” no espaço de exposições da biblioteca da unidade. Os painéis apresentam grandes mulheres astrônomas e astronautas, e o nome foi atribuído em homenagem a Valentina Tereshkova, primeira cosmonauta e primeira mulher a ter ido ao espaço, em 16 de junho de 1963, na nave Vostok VI. Os painéis ficarão expostos durante toda a semana.

O Campus Avançado Goioerê, a fim de comemorar a data, preparou, nesta manhã, um coffee break acompanhado de violetas para as servidoras da unidade.

Uma roda de conversa a respeito do Dia Internacional da Mulher foi promovida no Campus Jaguariaíva. Discentes e servidores participaram da atividade, que teve como convidadas especiais a psicóloga Tatiana da Silva Ferreira, a enfermeira Danielle Fernanda Pietro e a juíza de direito Rafaela Mari, profissionais que atuam no município de Jaguariaíva, as quais contaram sua trajetória de vida, pessoal e profissional. Foram discutidos temas como a violência contra a mulher, o abuso infantil e as dificuldades encontradas pelas mulheres na sociedade devido ao preconceito contra o sexo feminino.

Os alunos do curso técnico em Massoterapia do Campus Londrina, sob a coordenação da professora Juliana Gomes Fernandes, participaram de evento no Instituto Roberto Miranda, cujo objetivo foi o atendimento e a interação dos alunos com os pacientes deficientes visuais. Acompanhados pela professora Tatiane Romanini, os discentes realizaram o atendimento de massagem na cadeira da Quick Massage.

Em Paranaguá, o campus está promovendo a “Semana da Mulher”, que conta com palestras, oficinas, mesas-redondas e outras atividades, a serem realizadas entre os dias 8 e 11 de março. Entre os temas abordados, estão “Mulheres, Gêneros e Pesquisa Científica” e  “Cyberbullying”.

Para os dias 07, 08 e 09 de março, no intuito de homenagear e proporcionar, às mulheres do Campus Paranavaí, tardes de beleza e confraternização, a unidade preparou a seguinte programação:
– Segunda-feira (07/03) – maquiagem e limpeza de pele (parceria: consultoras da Mary Kay);
– Terça-feira (08/03) – coffee break com todos os servidores; apresentação musical feita pela professora de arte/música Ester Back e vídeo em homenagem às mulheres da unidade;
– Quarta-feira (09/03) – maquiagem e limpeza de pele (parceria: consultoras da Mary Kay).

No Campus Quedas do Iguaçu, foi realizado um debate sobre o papel da mulher na sociedade a partir do desenho animado “Uma outra Maria”. A animação apresenta a história de Maria, menina que começa a questionar as expectativas de como deve ou não deve se comportar. Na ocasião, os alunos puderam pensar criticamente sobre os padrões estabelecidos socialmente e refletir sobre os desafios enfrentados pelas mulheres nos dias atuais. O evento foi promovido pelos professores Lediane Manfé de Souza e Emerson Ferreira da Silva.

No Campus Telêmaco Borba, a professora Andrea Schactae organiza o evento “Mulheres e Olhares”, o qual ocorrerá ao logo do mês de março, objetivando criar um espaço de reflexão sobre as relações de gênero. Como parte das atividades, acontecerá, no dia 14 de março, uma palestra no campus – cujas inscrições devem ser realizadas entre os dias 08 e 11/03 na secretaria acadêmica. Haverá também produções que ficarão expostas na biblioteca da unidade entre os dias 21 e 25 de março.

Em Umuarama, no período da manhã, houve reunião com os servidores, atividade inerente da semana pedagógica. Na oportunidade, foi lido uma mensagem e entregue um botão de rosas para as servidoras do campus e também para as terceirizadas.

Já em União da Vitória, estudantes do segundo ano do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio participaram, no período da manhã, da “Marcha Contra o Feminicídio e Violência Doméstica”, convocada pelo coletivo feminista “Mais que Amélias”, de União da Vitória (PR) e Porto União (SC). O coletivo, composto por estudantes e professoras do Campus União da Vitória da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), propõe que a ocasião não se trata de um dia para comemorar ou parabenizar, porque, conforme o slogan do evento, “nós #nãoqueremosflores, nós queremos respeito”.

A COM quer saber!
Seu campus também desenvolveu atividades relacionadas ao Dia da Mulher e não foi mencionado? Entre em contato conosco para que possamos atualizar a matéria: comunicacao@ifpr.edu.br.

Topo