Câmpus Paranaguá inaugura Bloco de Laboratórios Técnicos – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Câmpus Paranaguá inaugura Bloco de Laboratórios Técnicos

Publicado em

Copiado!

Foi realizada nesta sexta-feira (16) a solenidade de inauguração oficial do Bloco de Laboratórios Técnicos do Câmpus Paranaguá. O evento foi realizado no Auditório do câmpus, e contou com a presença do reitor do IFPR, professor Irineu Mário Colombo, do deputado estadual Leopoldo Meyer, do procurador-chefe do IFPR, José Maurílio Barbosa da Costa Pereira, do prefeito municipal de Paranaguá, Edson Oliveira Kersten, do presidente da Câmara de Vereadores do município de Paranaguá, Marquinhos Roque e do diretor-geral do Câmpus Paranaguá, professor Roberto Teixeira Alves. Além da inauguração, a solenidade teve como objetivo a entrega da honraria Mão de Saramago aos senhores José Maurílio Barbosa da Costa Pereira e Leopoldo Meyer.

A reforma do prédio que hoje abriga o Bloco de Laboratórios Técnicos teve início em fevereiro de 2012, visando atender a demanda por instalações maiores e mais adequadas para a realização das atividades dos cursos Técnico em Mecânica, Técnico em Meio Ambiente, Técnológo em Manutenção Industrial e de Especialização em Gestão Ambiental, além dos cursos de formação inicial e continuada oferecidos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A obra totaliza uma área de aproximadamente 1030 metros quadrados, distribuídos em dois pavimentos que contemplam salas de aula e laboratórios nas áreas de Fabricação, Metrologia, Eletricidade, Projetos, Ciências Térmicas e dos Materiais, Máquinas Elétricas, Automação, Usinagem, Soldagem e Meio Ambiente. Os investimentos na reforma da estrutura física e aquisição de equipamentos significam um investimento de R$ 6 milhões.

O diretor geral do Câmpus Paranaguá agradeceu ao trabalho de todos que se empenharam para a conclusão da reforma e, de maneira especial, aos servidores e estudantes do câmpus. “Hoje o Câmpus Paranaguá possui um dos mais modernos laboratórios do sul do país, o que nos coloca à frente de outras instituições de ensino nas áreas de Meio Ambiente e Manutenção Industrial”, garantiu o professor Roberto.

Em sua fala, o professor Colombo parabenizou a comunidade do Câmpus Paranaguá pela conquista e destacou aos presentes as políticas de permanência de estudantes empreendidas pelo IFPR. “Trabalhamos para que 70% dos nossos estudantes sejam beneficiados por nossas políticas de inclusão social”.

Colombo também explicou aos presentes o significado da honraria Mão de Saramago. “Em 2009, quando ainda era diretor-geral do Câmpus Foz do Iguaçu, solicitei ao escritor José Saramago a criação de uma frase que homenageasse o Instituto Federal do Paraná. Saramago criou a frase ‘trabalhar com as mãos ensino muito’, que é uma forma de valorizar o trabalho manual, técnico, e lembrar que as mãos que apertam um parafuso, podem também segurar um lápis, produzindo arte e cultura. A frase expressa um dos principais objetivos dos institutos federais, que é o de oportunizar aos cidadãos o acesso a uma educação técnica e, ao mesmo tempo, humanista”, afirma.

Mão de Saramago

A honraria de Mérito Educacional, representada pela obra artística “Mão de Saramago”, é destinada às autoridades que atuam no fortalecimento da educação brasileira e que contribuem para o fortalecimento do nome do Instituto Federal do Paraná, promovendo assim a imagem e reputação positivas da instituição. A obra é concedida como forma de reconhecimento à atuação destacada de pessoas e instituições que desempenham ações em prol do crescimento e desenvolvimento em diversas áreas de atuação.

José Maurílio da Costa Pereira foi homenageado pela sua contribuição como procurador-chefe do Instituto Federal do Paraná, com destaque para seu envolvimento nos assuntos relacionados à implementação do programa de expansão dos câmpus do IFPR e no realocamento das famílias que ocupavam os terrenos doados ao Câmpus Paranaguá e ao Câmpus Jaguariaíva. Destaca-se, também, o apoio de José Maurílio nas ações de implementação das políticas públicas fixadas no âmbito do IFPR e sua participação por meio de opiniões sobre melhorias na gestão, bem como no acompanhamento de pleitos e audiências junto ao governo e à Justiça Federal.

Já, o deputado federal Leopoldo Meyer foi homenageado pela destinação de uma emenda parlamentar pessoal de considerável valor para o Câmpus Paranguá, que foi utilizada para a conclusão do Bloco Tecnológico.

Topo