CODIR esteve reunido em Curitiba nesta semana – Instituto Federal do Paraná

Notícias

CODIR esteve reunido em Curitiba nesta semana

Publicado em

Copiado!

Na tarde desta quarta-feira (16), os membros do Colégio de Dirigentes do IFPR estiveram reunidos em Curitiba para mais uma reunião ordinária. Em pauta, estavam a implantação dos Colegiados dos Câmpus (CODIC), o Regimento Interno Comum aos Câmpus e também a participação da Coordenação de Relações Internacionais (CRI), representada pelo servidor André Vicente, que apresentou o departamento e as diversas oportunidades de intercâmbio de estudantes e professores que se encontram vigentes. O reitor pro tempore do IFPR, professor Jesué Graciliano da Silva, deu início à reunião apresentado aos membros do CODIR o novo pró-reitor de ensino, professor Evandro Cantu.

A primeira parte da reunião foi dedicada aos informes gerais. O professor Jesué atualizou os presentes sobre o recolhimento dos recursos do Pronatec por meio do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e pediu cautela, sendo que a abertura de novos cursos só é aconselhada se o câmpus possuir recursos disponíveis para isso. Também informou aos dirigentes que na última semana, o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica (CONIF) solicitou uma reunião com o Ministro da Educação para tratar do assunto. O reitor também esclareceu aos presentes as razões que levaram à retificação do edital do Concurso Público.

Na segunda parte da reunião, os presentes passaram à discussão dos pontos que compunham a pauta. O servidor Cícero Albano, membro do CODIR, apresentou aos colegas uma sugestão de composição do CODIC. Essa sugestão será revisada conforme as sugestões enviadas pelos servidores do IFPR por meio de consulta pública. O professor Jesué ressaltou a importância da presença de um orgão colegiado no âmbito dos câmpus. “O artigo 206 da Constituição Federal prevê a gestão democrática das instituições que compõem o sistema de ensino no país. Esse órgão será uma instância legitimadora das decisões discutidas e tomadas pelos câmpus”, afirmou.

Internacionalização do IFPR

Em um segundo momento, o servidor André Vicente, da Coordenação de Assuntos Internacionais (CRI), apresentou o departamento responsável pelo contato do IFPR com instituições de ensino estrangeiras. O servidor também apresentou dados relativos à globalização da educação e o fenômeno da internacionalização em países desenvolvidos e em desenvolvimento. Vicente procurou sensibilizar os dirigentes sobre a importância de preparar os estudantes para as oportunidades de intercâmbio acadêmico oferecidas pelo governo federal. “Existem diversas oportunidades de intercâmbio acadêmico, em especial aquelas oferecidas no âmbito do Programa Ciência Sem Fronteiras. É preciso auxiliar os estudantes a prepararem-se para elas”, em referência a oferta de cursos de línguas, o que potencializa a chance de conseguir uma vaga.

Imagens da reunião estão disponíveis na página do IFPR no Facebook.

Topo