Colégio de Dirigentes esteve reunido nesta segunda-feira – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Colégio de Dirigentes esteve reunido nesta segunda-feira

Publicado em

Copiado!

Em reunião realizada nesta segunda-feira, dia 03 de setembro, os dirigentes do Instituto Federal do Paraná assistiram a uma apresentação com a síntese dos resultados obtidos por meio da pesquisa empreendida pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) com docentes, técnicos e estudantes em todas as unidades do IFPR. A apresentação foi realizada pelo professor Gilson de Lima Moraes. Ele salientou que os dados obtidos e disponibilizados para os diretores gerais e pró-reitores devem ser utilizados como instrumento de gestão para tomada de decisões em relação as atividades desenvolvidas no âmbito do IFPR.

Outros pontos de pauta abordados pelos dirigentes foram a ratificação das datas relacionadas ao Regimento Geral, assim como os critérios e fatores a serem analisados pelas equipes dos câmpus para planejamento e proposição de novos cursos. Desta vez, ao invés da análise em relação ao número de docentes e de cursos existentes em cada unidade, realizada na reunião anterior do Codir, a variante apresentada pelo assessor Eden Januário Neto, foi o regime de trabalho dos docentes e o banco de professores equivalentes, instituído pelo Decreto nº 7485, de 18 de maio de 2011. De acordo com os dados apresentados durante o Codir, dos 585 professores do IFPR, atualmente 420 estão no regime de trabalho de dedicação exclusiva, outros 106 são 40 horas e 59 são 20h. O número de docentes efetivos é de 563. A intenção da apresentação foi instigar que os dirigentes possam definir os rumos das unidades de forma ainda mais eficiente, refletindo sobre a constituição das equipes de acordo com a vocação de cada câmpus.

O reitor Irineu Colombo apresentou e discutiu junto aos dirigentes todas as questões relacionadas as últimas reuniões realizadas com o Sindiedutec e com a Comissão dos Técnicos Administrativos. O professor Colombo informou a constituição de um grupo de trabalho para discutir o Decreto 1590/1995 que trata da jornada de trabalho e sua flexibilização e refletiu junto aos diretores dos câmpus sobre a questão da atividade docente, que envolve as Resoluções 02/2009 e132/2010. Após os debates, que reiteraram a importância da indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão, o entendimento do Colégio de Dirigentes foi de que as atividades de manutenção do ensino, pesquisa e extensão não precisam, necessariamente, ser realizadas nas dependências das unidades.

Outra definição da reunião foi de que os planos de trabalho para reposição das atividades devem ser enviados pelas unidades para a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, com intuito que a Reitoria possa prestar contas aos órgãos fiscalizadores. O entendimento foi análogo ao realizado em relação ao Calendário Acadêmico, porém com encaminhamento para a Pró-Reitoria de Ensino.

Sindiedutec

O Sindicato, representado pelo presidente Nilton Brandão, participou do ínicio da reunião dos dirigentes para solicitar a liberação de lideranças sindicais para as atividades como assembleias e reuniões do Conselho Estadual de Representantes da entidade. O Colégio de Dirigentes deliberou sobre a questão e se colocou favorável a participação dos servidores nas atividades sindicais a luz do interesse público. Em sua participação, o representante do Sindiedutec também mencionou a importância da regulamentação da atividade docente.

Topo