Cursos superiores do IFPR se destacam no Ranking Universitário Folha 2015 – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Cursos superiores do IFPR se destacam no Ranking Universitário Folha 2015

Publicado em

Copiado!

O Jornal Folha de São Paulo publicou, nesta segunda-feira (14), o novo Ranking Universitário Folha 2015 (RUF), que avalia universidades e instituições de Ensino Superior, públicas e particulares, e cursos de Ensino Superior.

O IFPR possui atualmente 14 campi que ofertam cursos superiores, nas categorias Bacharelado, Licenciatura e Tecnologia, contando com 20 opções de formação em várias regiões do estado do Paraná. Neste ano, 15 cursos do Instituto foram selecionados pelo RUF 2015 para a avaliação “por curso”, e três deles obtiveram posição de destaque. A Licenciatura em Ciências Sociais, do Campus Paranaguá, obteve a melhor classificação nacional: 66º lugar em sua área. Além disso, a Licenciatura em Física, também do Campus Paranaguá, obteve o 68º lugar na área, e o Bacharelado em Engenharia Agronômica, do Campus Palmas, conquistou o 72º lugar na área.

Conforme o coordenador do curso de Ciências Sociais, Professor Marcos Vinícius Pansardi, “não há separação entre Ciências Sociais e Sociologia na avaliação dos cursos. Se fosse avaliada apenas a excelência do ensino, sem incluir o item de avaliação do mercado, seríamos o 56º curso, a uma posição da UFBA e à frente da PUCRJ, PUCMG, bem como à frente de várias federais e estaduais”.

Os critérios para avaliação do ranking de cursos levam em consideração dois grandes quesitos:

a) qualidade de ensino, com um total de 64 pontos, distribuídos entre: Enade, enquanto indicador de desempenho do estudante no curso; pesquisa realizada aos avaliadores do MEC para verificar a qualidade dos cursos de graduação; a proporção de professores com título de doutorado e mestrado; dedicação integral e parcial dos docentes.

b) avaliação do mercado, com um total de 36 pontos: obtidos através de Pesquisa Datafolha, realizada com 2.222 profissionais da área de recursos humanos de empresas.

É importante ressaltar que há cursos, como os de Ciências Sociais e Física mencionados, que ainda não integralizaram sua primeira turma e, portanto, não apresentam avaliação de mercado e a pontuação do Enade na tabela da Folha.

Para o Pró-Reitor de Ensino do IFPR, Prof. Ezequiel Westphal, “o reconhecimento da qualidade e a posição de destaque dos nossos cursos superiores é resultado do trabalho coletivo do quadro docente e seus colegiados em conjunto com as equipes pedagógicas e de pesquisa da Proens e da Proepi nos últimos tempos, resultando na melhor oferta de cursos com inclusão à comunidade”. Westphal ainda comenta que o “resultado revela alguns indicadores que sinalizam o caminho certo na política de Ensino Superior do IFPR, particularmente, na valorização das Licenciaturas”.

Topo