Eleição para a nova diretoria do SindEdutec ocorre nesta quinta-feira – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Eleição para a nova diretoria do SindEdutec ocorre nesta quinta-feira

Publicado em

Copiado!

A eleição da nova diretoria Estadual do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica Técnica e Tecnológica do Paraná (SindiEduTec) será realizada nesta quinta-feira (25) em todos os campi do Instituto Federal do Paraná (IFPR). Cada Campus recebeu um “kit eleição” enviado pela Comissão Eleitoral para o diretor geral da unidade, que designou um representante local para organizar a eleição no campus.

O horário da votação será durante todo o período de atividades do Campus. Apenas a chapa “Sindicato Forte” participa do pleito; os servidores votarão em uma diretoria com 18 cargos e em cinco integrantes do Conselho Fiscal. O mandato é de três anos.

Veja, a seguir, os integrante da diretoria e as propostas apresentadas pela chapa “Sindicato Forte”:

Presidente: Nilton Brandão (Campus Curitiba)
Vice-Presidente: João do Carmo L. Gonçalves (Campus Paranaguá)
Diretor Administrativo: Elsi do Rocio C. Alano (Campus Curitiba)
Vice-Diretor Administrativo: Ricardo A. dos Santos (Campus Paranaguá)
Diretor Financeiro: Adriano Willian (Campus Curitiba)
Vice-Diretor Financeiro: Marli T. F. Becker Gripp (Campus Curitiba)
Diretor de Assuntos da Carreira Técnico-Administrativo: Maurício Iark Oberdieck (Campus
Curitiba)
Vice Diretor de Assuntos da Carreira Técnico-Administrativo: Marcos Rafael Machado (Reitoria)
Diretor de Assuntos da Carreira Docente: Ederson Prestes S. Lima (Campus Curitiba)
Vice Diretor de Assuntos da Carreira Docente: Marlene de Oliveira (Campus Curitiba/EaD)
Diretor de Comunicação: Izaias Costa Filho (Campus Paranaguá)
Vice Diretor de Comunicação: Cézar Grontowski Ribeiro (Campus Palmas)
Diretor de Políticas Sociais, Culturais e Esportivas: Alvaro Rogerio Cantieri (Campus Avançado
Campo Largo)
Vice Diretor de Políticas Sociais, Culturais e Esportivas: Indiamara Ferreira Pickler (Campus
Palmas)
Diretor de Formação Política e Relações Sindicais: João Claudio Madureira (Campus Avançado
Campo Largo)
Vice Diretor de Formação Política e Relações Sindicais: Rosana de F. S. J. Padilha (Campus
Paranaguá)
Diretor Jurídico e Relação de Trabalho: Boanerges C. da Silva(Campus Curitiba)
Vice Diretor Jurídico e Relação de Trabalho: Alceri Pinto Moreira.(Campus Telêmaco Borba)

Veja, a seguir, as propostas de campanha divulgadas pela chapa:

Principais propostas para a gestão 2011-2013:
1 – Como a integração é um fator fundamental para o fortalecimento do nosso sindicato, propomos
a organização do primeiro Seminário Estadual de Carreira Docente e Técnico Administrativo do
Instituto Federal do Paraná. Este seminário, a ser realizado anualmente, servirá como fórum de
discussão sobre nossa carreira, onde poderão ser apresentados e discutidos pontos importantes
relacionados a ela. Será também um momento de integração entre os servidores estaduais em um
local único, preferencialmente em uma nova cidade a cada edição.

2 – A política constitui parte integrante de nossa vida e é um dos principais pilares de um Sindicato.
Assim, para entender e qualificar nossa condição de servidores da “res pública” é fundamental que
procuremos qualificar nossa intervenção tanto na nossa atividade cotidiana quanto nas intervenções
que compõem as diversas instâncias de decisão interna e nos demais órgãos relacionados com a
vida o Instituto. Para isto, propõe-se a criação de cursos de formação política para docentes e
técnicos administrativos.

3 – Como toda instituição nova, não temos ainda a infraestrutura adequada para a realização de
nossas tarefas, docentes ou administrativas. A discussão sobre as condições de trabalho e
infraestrutura, como espaços para preparação de aulas, atendimento a alunos, espaços de pesquisa,
entre outras, deve considerar as demandas dos maiores interessados, os servidores. Desta forma,
devemos promover a discussão para garantir as condições de trabalho no Instituto, representando os
desejos e anseios de nossos filiados e demais servidores.

4 – A representação nacional dos técnicos administrativos ainda não foi alcançada. Pretende-se
buscar a participação do nosso sindicato em uma entidade de nível nacional, no momento a
FASUBRA, de forma a alcançar esta representação.

5 – O fato de termos servidores em unidades distribuídas em todo o estado causa uma dificuldade
técnica no sentido de realizar ações dentro das diversas unidades. Este problema se dá devido ao
formato atual do nosso organograma, mas pode ser resolvido alterando-se a forma do mesmo. Para
isso, é necessária a discussão sobre o novo formato do nosso regimento, prevendo as mudanças
necessárias para que hajam seções sindicais e representantes em todos os campi. Esta discussão é
uma das primeiras ações a serem tomadas na nova gestão, e deverá ser amplamente discutida com
todos. Importante ressaltar que o Campus Jacarezinho já promoveu esta discussão e já escolheram
os servidores Lafaiete Henrique Rasa Lemes (docente) e Willyan Bontorin de Oliveira como
representantes do Sindicato no Campus. Defendemos que ações como esta sejam implementadas
em todos os Campi do Instituto.

6 – A EaD constitui um instrumento importante de inclusão social e é uma das principais formas de
ampliação do Instituto Federal do Paraná. Assim, há que se promover o debate sobre a participação
docente e as condições administrativas no EAD. Até o momento, as importantes questões
relacionadas a isto ainda não foram colocadas para o conjunto dos servidores. Propõe-se
inicialmente a divulgação de informações sobre o EAD, suas políticas e formas de ação, e
posteriormente a discussão, dentro do ambiente sindical, sobre esta forma de atuação no Instituto.

7 – A carreira do docente e do técnico administrativo depende de uma formação continuada. Não
existe ainda uma regulamentação sobre o apoio à formação continuada, suas regras e demais
deliberações. Esta é uma das discussões a serem apresentadas como pauta para a Reitoria, buscando
garantir ao servidor o direito à disponibilidade de tempo, recursos e apoio para realiza-la dentro das
sua disponibilidade e interesse.

8 – Uma forma de melhorar a divulgação do sindicato é através de seus filiados. A nova gestão irá
propor um concurso para a criação de uma nova logomarca, que servirá de base para nossa página e
também para a criação de camisetas para todos os filiados. A melhoria de nossa página será um
desafio constantemente proposto, tanto visualmente quanto em ferramentas. A criação de fóruns de
discussão virtual, salas de bate papo e outras formas de interação será uma das prioridades.

9 – O processo de discussão dos elementos e propostas que influenciam nossa carreira e trabalho na
instituição deverá utilizar melhor os meios virtuais. Nossas assembléias, que podem ser presenciais,
poderiam também contar com a sua versão virtual. A votação através da Internet também é outro
ponto importante para dinamizar a tomada de decisões. O estudo de formas de implementação
destas ferramentas oficiais em ambiente virtual é um dos desafios assumidos pela nova gestão.

10 – A integração através de comemorações, festas e momentos de encontro descontraídos é uma
das formas mais eficientes de aproximar as pessoas de um grupo. Assim, pretende-se criar uma
agenda de eventos anual que atenda as expectativas dos nossos servidores. A comemoração do dia
do servidor público e do dia do professor será proposta para ser realizada em conjunto com a
Reitoria, para todos os servidores. Outros momentos, como cafés culturais, encontros intercampi,
dia das crianças, entre outros também entrarão em pauta.

11 – O bem estar de nossos filhos é um fator fundamental para a nossa qualidade de vida. É
também um tema recorrente nas organizações dos servidores em geral sendo que algumas
organizações contam com este benefício. Pensando nisso, o sindicato pretende abrir a discussão
sobre o interesse e possível forma de implementação de uma creche para os filhos dos funcionários,
em unidades quem comportem este tipo de estrutura.

Topo