Grupo de Estudos do Cuidado realiza atividades na Chácara 4 Pinheiros – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Grupo de Estudos do Cuidado realiza atividades na Chácara 4 Pinheiros

Publicado em

Copiado!

Integrantes do Grupo de Estudo, Pesquisa e Extensão do Cuidado (Gepec) desenvolveram no domingo (22) atividades com moradores da Chácara Meninos de Quatro Pinheiros, em Mandirituba, na Região Metropolitana de Curitiba. O objetivo do Grupo é trabalhar o cuidado em diversas frentes, desde aspectos ligados à saúde física até questões sociais, auto-cuidado, formas de acolhimento e cuidado com o outro. A Chácara acolhe meninos entre 7 e 18 anos que estejam com dificuldades de ordem familiar e social.

O Gepec atua na perspectiva de uma abordagem integral do sujeito, por isso, o grupo é constituído por profissionais de áreas diversas. Participam do Grupo professores dos cursos de Massoterapia, Saúde Bucal, Enfermagem, Secretariado e a professora de Psicologia, além das técnicas-administrativas da área de Assistência Social e Pedagogia.

Coordenado pela professora Maria Angelica Pizani, o grupo desenvolve o Programa Rede de Cuidado, constituído por seis projetos com objetivos diferentes e complementares: Projeto Cuidar da Criança, Projeto Cuidar de Alguém Especial, Projeto Pais que cuidam, Projeto Abraçando a Vida, Projeto Cuidar do Idoso e Projeto Cuidador Social.

Pela manhã, as servidoras do IFPR se dividiram em dois grupos, ficando um responsável pelo acolhimento de pais e familiares que se preparavam para encontrar com os filhos acolhidos na Chácara, e o outro ficou com os meninos trabalhando temas de higiene pessoal. As atividades com os pais e familiares ocorreu na Associação Brasileira de Amparo à Infância (ABAI), também em Mandirituba, visando dar espaço para as discussões sobre o desenvolvimento dos meninos e dificuldades com a educação deles. Durante o almoço as duas equipes voltaram a se unir e ficaram na Chácara atendendo meninos que não receberam a visita de pais ou familiares.

O IFPR é um dos parceiros da Chácara e estas atividades reforçam a importância da atuação com a comunidade, associando ensino e extensão.

Topo