Implantação do Pronatec no Paraná é debatida em Encontro – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Implantação do Pronatec no Paraná é debatida em Encontro

Publicado em

Copiado!

Representantes do Instituto Federal do Paraná (IFPR), da Secretaria Estadual do Trabalho (SETS) e da Educação (SEED) e de instituições do Sistema S (Senai, Senac e Sest Senat) estão reunidos nesta quinta (15) e sexta (16) para discutir estratégias, dialogar sobre o perfil e  infraestrutura das instituições parceiras, além de apontar e debater a oferta de vagas e a demanda em relação a implantação do Pronatec no Paraná.

Na abertura do encontro, o reitor do IFPR, professor Irineu Colombo e o secretário Luiz Claudio Romanelli (SETS) destacaram a articulação entre as instituições como fundamental e um diferencial em relação aos demais estados, capaz de assegurar o sucesso do programa do governo federal no Paraná. Colombo também lembrou a expansão do Instituto Federal para outros sete câmpus como uma forma de contribuir para a consolidação do Pronatec. Romanelli lembrou que o programa está em análise no Senado Federal, mas que isto não impede que a operacionalização do Pronatec esteja sendo discutida com seriedade no Paraná, a partir de uma iniciativa de integração entre as instituições participantes.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi lançado pelo governo federal para ampliar o quadro de profissionais qualificados atuantes no mercado de trabalho. Tem o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio, e de cursos de formação inicial e continuada para os trabalhadores.

Estiveram também presentes no evento representantes do Ministério do Trabalho, Nircélio Zabot, representando a Secretaria da Familia e Desenvolvimento Social, professor Paulo Yamamoto, pró-reitor de Extensão, Pesquisa e Inovação do IFPR, Vitor Monastier, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Marilda Aparecida Diório Menegazzo, Diretora do Departamento de Educação e Trabalho (SEED), João Barreto Lopes (Senai) e Henrique de Salles Gonçalves (Sest Senat).

Topo