Inscrições para bolsistas PBIS encerram dia 02 de março – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Inscrições para bolsistas PBIS encerram dia 02 de março

Publicado em

Copiado!

Os alunos do IFPR, tanto da modalidade presencial como de Educação a Distância, tem até o dia 02 de março para se inscrever no Programa de Bolsas Acadêmicas de Inclusão Social (PBIS). O Programa, coordenado pela Pró-Reitoria de Ensino (PROENS), por intermédio da Diretoria de Assuntos Estudantis e Atividades Especiais (DAES), oferece 450 bolsas, de R$ 350 mensais, para todos os câmpus do IFPR. Serão selecionados os estudantes que estejam interessados em participar de atividades educativas e preferencialmente em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A ideia do Programa é que as atividades de pesquisa, extensão e os projetos de ensino possam auxiliar o aluno em sua permanência e no êxito de sua vida escolar. A jornada é de 12 horas semanais.

“A seleção dos estudantes também considera, além da avaliação socioeconômica, o risco de abandono, reprovação ou dificuldades de desempenho durante o curso. A prioridade é beneficiar aqueles que realmente necessitam para assegurar a igualdade de oportunidades entre todos os estudantes”, explica o professor Izaias Costa Filho (Kiko), da DAES/PROENS.

A experiência dos bolsistas

Sara Schneider é aluna do curso de Massoterapia do Câmpus Curitiba. No ano passado, ela participou como bolsista PBIS do projeto Rede Comunitária, coordenado pela professora Silvia Maria Prado Lopes Queiroz. “A bolsa me auxiliou nos gastos que temos no dia a dia estudantil, como passagens para ir a aula e materiais para as aulas práticas”. Para Neli Vodzicki, também do curso de Massoterapia e colega de Sara na Rede Comunitária, o Programa de Bolsas de Inclusão Social é um benefício muito importante para os alunos. Além do auxílio financeiro, a bolsa fez com que ela pudesse trabalhar com sua área de estudos: a saúde.

O projeto Rede Comunitária é desenvolvido no bairro Tatuquara, em Curitiba, com crianças entre 7 e 15 anos, no período oposto ao que elas frequentam a escola. A equipe composta por alunos e professores do IFPR atua em diferentes frentes de trabalho, propiciando oficinas de meio ambiente, saúde, musicalização, arte e informática, contribuindo para a educação integral das crianças e jovens. Ao mesmo tempo, tanto os jovens atendidos pelo projeto quanto os estudantes e servidores do IFPR envolvidos identificam o desenvolvimento humano e o crescimento pessoal e comunitário como um dos resultados da iniciativa.

“Trabalhamos muitos assuntos na área da saúde, como saúde bucal, corporal e higiene, além de valores universais, educação, honestidade e meio ambiente”, conta Neli Vodzick. “Com isso as crianças envolvidas no projeto desenvolvem uma percepção da realidade onde vivem e de alguma forma começam a colaborar para modificar essa realidade. No projeto Rede Comunitária nós temos a oportunidade de aprender mais do que ensinar”, conclui.

Sara enfatiza que o antes de iniciar no projeto passou por uma preparação junto a professora Silvia, chamada de “Capacitação Básica para os Educadores Sociais”. De acordo com a estudante, a preparação foi importante para que soubesse como atuar com o público-alvo, crianças de baixa renda. “Esta preparação é fundamental para que pudéssemos alcançar o objetivo de trabalhar valores humanos com elas, visando ampliação dos projetos de vida e formação do caráter. Como trabalhávamos com o público infantil e adolescente, sempre tínhamos que buscar novos conteúdos e formas de transmitir isto para elas de uma maneira que atraísse a atenção para o que estávamos querendo mostrar.”

Propostas Acadêmicas

Assim como o projeto Rede Comunitária de Curitiba, outras propostas podem ser encaminhadas para receber alunos bolsistas. O mesmo edital (nº 01/2012 – PROENS/IFPR) rege o envio de propostas por professores e técnicos administrativos. “Esta participação é essencial”, salienta Izaias Costa Filho. “Precisamos de propostas acadêmicas diversificadas, tanto projetos de ensino, quanto de pesquisa e extensão, que possam contribuir para a formação acadêmica do estudante. O edital enfatiza que propostas multidisciplinares e que realizem a integração entre a comunidade interna e externa terão preferência na seleção, entretanto o mais importante é que os servidores dos câmpus encaminhem muitas propostas para que possamos dar esta oportunidade aos estudantes do IFPR”.

As propostas acadêmicas devem ser encaminhadas para a Coordenação Pedagógica ou Direção de Ensino dos Câmpus e até dia 09 de março para a Diretoria de Assuntos Estudantis e Atividades Especiais (DAES).

Orientações gerais e documentação

As informações sobre os documentos necessários para inscrição e formulários a ser preenchidos por alunos ou servidores que desejam apresentar propostas, estão disponíveis no Edital nº01/2012- PROENS-IFPR.

 

 

Topo