Reitores discutem parcerias com o Canadá – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Reitores discutem parcerias com o Canadá

Publicado em

Copiado!

Reitores e dirigentes da Rede Federal participam, em Montreal, do II Fórum Brasil-Canadá de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A programação iniciou na última segunda-feira (14), e segue até a próxima sexta (18), com a presença de integrantes da Association of Canadian Community Colleges (ACCC) e do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).

O reitor do IFPR, Irineu Colombo, representa a Instituição na missão internacional. A intenção é a de discutir a pesquisa aplicada e o intercâmbio de estudantes, incluindo a hospedagem para alunos brasileiros. A presença do reitor é importante para estreitar a parceria com o Canadá e assegurar mais bolsas internacionais para o Instituto.

Os principais objetivos do Fórum são incrementar, intensificar e fortalecer a cooperação entre os dois países para a troca de conhecimento nas áreas profissional e tecnológica, com ênfase ao programa Ciência sem Fronteiras, que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.

“Os colleges canadenses e a Rede Federal brasileira atuam em áreas similares, inclusive em áreas profissionais e tecnológicas que a Rede Federal atua ainda timidamente. A partir da concretização de novas cooperações técnicas, a delegação brasileira está empenhada em viabilizar novas e amplas oportunidades para os nossos estudantes”, disse o presidente do Conif, Cláudio Ricardo Gomes de Lima, que apresentou o programa Ciência Sem Fronteiras e explanou sobre a trajetória da Rede Federal e a grande expansão vivida nos governos do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma Rousseff.

Em pronunciamento na abertura do Fórum, o embaixador do Brasil no Canadá, Piragibe dos Santos Tarragó, destacou que o governo do Brasil reconhece o Canadá como um dos principais parceiros para o programa Ciência Sem Fronteiras e disse estar convicto da importância do evento para o fortalecimento das relações entre os dois países e o desenvolvimento da educação profissional e tecnológica.

A ministra das Relações Exteriores, Diane Ablonczy, elogiou o governo brasileiro, reconhecendo o Brasil como “um país de economia estável e franco desenvolvimento”, além de evidenciar a importância da base científica brasileira e o seu destaque na América latina e no mundo. Também fez referência aos vários acordos entre o Brasil e o Canadá, destacando que o Canadá é o primeiro país escolhido pelos alunos brasileiros que buscam outros países para continuarem os seus estudos.

Atividades – além de painéis e debates, a programação inclui visitas técnicas relacionadas às áreas de interesse dos dois países. Na sexta-feira, 18/11, o vice-presidente da ACCC, Paul Brennan, e o presidente do Conif irão encerrar a programação com a apresentação do relatório da semana.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Conif

Topo