Curso discute conservação de acervos culturais – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Curso discute conservação de acervos culturais

Publicado em

Copiado!

O  Instituto Federal do Paraná (IFPR) sedia nesta semana o curso “Segurança de Acervos Culturais”. O evento começou nesta quarta-feira (18) e segue até sexta (20), no prédio da Reitoria, em Curitiba, e é realizado em parceria com a Associação de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais (Arco.it). A organização é do Curso Técnico de Eventos, coordenado pelas professoras Evelise Dias Antunes e professora Caterine Moraz, em parceria com o Curso de Secretariado, coordenado pela professora Mara Vilasboas .  Alunos dos dois cursos têm a oportunidade de participar das atividades de preparação e de execução do evento.

Participam das discussões bibliotecários, arquivistas, restauradores e conservadores de instituições públicas e privadas. O objetivo é o de introduzir os princípios básicos que envolvem a segurança de um acervo histórico, destacando a importância de medidas preventivas e avaliação de riscos.

“O IFPR está em constante construção e ampliação e uma das coisas com que temos nos preocupado é com a segurança e a manutenção dos nossos acervos históricos e culturais, por isso discutir esse tema é fundamental para nossa instituição”, disse, na abertura do encontro, o diretor do Campus Curitiba do IFPR, professor Luís Gonzaga Alves de Araújo.

A ministrante é a professora Solange Rocha, que veio do Rio do Janeiro especialmente para o evento. Ela é conservadora e restauradora do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast); coordenadora geral da Política de Preservação de Acervos Institucionais e coordenadora do curso de Segurança de Acervos Culturais do Mast.

“Quando se fala em acervo cultural, a primeira preocupação a ser levantada diz respeito à segurança dos edifícios, pois eles podem estar em situações desfavoráveis à conservação da  história e da memória de organizações”, diz a presidente da Arco.it, Denise Zanini. “Essa memória não consiste apenas em obras artísticas ou literárias, fotografias, ou materiais audiovisuais; os próprios imóveis são considerados parte dos acervos, bem como documentos, bens não culturais, como as cantigas de roda, por exemplo, além de outros tipos de produções culturais”, explica. “Enfim, tudo isso precisa ser preservado e, para isso, existem várias técnicas e estratégias, muitas das quais estaremos discutindo ao longo desta semana”, afirma.

No caso do IFPR, também há uma preocupação no que diz respeito à conservação e segurança do patrimônio histórico e cultural. “Tendo isso em vista, nós estamos estruturando um curso técnico, na modalidade de Formação Inicial e Continuada (FIC), que será oferecido nos campi Curitiba e Lapa”, adiantou o professor  Luís Gonzaga Alves de Araújo. “A idéia é formar profissionais capacitados para atuar nessa área, realizando restaurações e planejando a conservação de acervos”, diz.

A seguir, a programação oficial do evento.

18 de agosto:
Conceituação: Patrimônio, preservação, conservação, segurança, acervo e documentação
Segurança física : Responsabilidades, proteção por perímetro, linhas de atuação e segurança do prédio;
Segurança das pessoas e equipe de segurança.

19 de agosto:
Emergências, proteção contra sinistros, roubo, vandalismo, incêndio, alarmes , CCTv, desocupação de acervos e pessoas.

20 de agosto:
Vídeo, aplicação de questionário, exercício de fixação e visita técnica.

Mais informações sobre o tema: www.arcoit.com.br

Topo