Clube do empreendedorismo do IFPR iniciou nesta quinta-feira – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Clube do empreendedorismo do IFPR iniciou nesta quinta-feira

Publicado em

Copiado!

Na manhã desta quinta-feira (28), iniciaram-se as atividades do Clube do Empreendedorismo, projeto da Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação (Proepi) em parceria com o EAD/IFPR.

Nesta primeira edição, o projeto contou com três mulheres empreendedoras para debater o tema e fomentar a cultura do empreendedorismo e, consequentemente, de inovação entre professores, técnico administrativos e alunos do Instituto Federal do Paraná. A diretora de Empreendedorismo Inovador, professora Carmen Ballão, destacou que “além de dominar a técnica e a tecnologia, os empreendedores são estimulados a criar, em um ambiente de competitividade, o que pode lhes assegurar o sucesso”. Carmen Ballão também informou que a transmissão do Clube do Empreendedorismo será feita bimestralmente, para todos os câmpus do IFPR, por meio da tecnologia de Ensino a Distância do Instituto Federal do Paraná. “Gostaríamos que os câmpus reproduzissem esta iniciativa também presencialmente, com palestras de empreendedores de suas regiões”, sugeriu.

A ideia do evento é trabalhar com casos e experiências de empreendedores. Por meio dos depoimentos dos convidados, a comunidade acadêmica do IFPR poderá conhecer histórias de dificuldades e de superação, que contribuem para o desenvolvimento do país. Nesta edição, devido ao mês da mulher, foram convidadas Dalva Carleto, gastrônoma e empresária, Walkyria Gaertner Boz, empreendedora social, presidente da Rede Feminina de Curitiba que atua no hospital Erasto Gaertner e Anna Karina Boszczowski, diretora da Junior Achivement Paraná. Dalva enfatizou que “seu mundo é o açúcar”, fazendo uma relação com a gastronomia, um gosto e talento que a levou para a profissionalização. Ela contou que foi uma oportunidade de conciliar o cuidado com os filhos e trazer um incremento para a renda familiar. Já Walkyria fez uma breve retrospectiva do quanto o papel da mulher mudou na sociedade. “Nós estávamos restritas ao trabalho caseiros, a ficar dentro de casa e descobrimos a nossa força em outras atividades, no meu caso, na atuação social”.

O depoimento das palestrantes foi mediado pela professora Andréa Rodrigues, coordenadora de Extensão do EAD/IFPR. Os professores Marcelo Pedra e Silvestre Labiak, diretor do EAD/IFPR e pró-reitor de Extensão, Pesquisa e Inovação, respectivamente, assim como o reitor Irineu Colombo participaram da abertura do projeto.

Colombo destacou que a formação humanística, o domínio da técnica e habilidades interpessoais são essenciais para o aluno do IFPR. Destacou que a imprensa tem noticiado a ausência de profissionais com capacidade de liderança e que portanto, desenvolver a cultura do empreendedorismo é fundamental no âmbito da instituição. O professor Labiak complementou destacando que o empreendedorismo é essencial para a transformação social e lembrou que são várias as iniciativas da Proepi neste sentido, desde o Clube do Empreendedorismo, as bolsas de fomento e o projeto dos hotéis de inovação tecnológica. “Não vamos formar apenas empregados, mas também empregadores”, destacou.

 

Confira as fotos no Facebook

 

Topo