IFPR participa do programa de desenvolvimento da cafeicultura familiar de Ivaiporã – Instituto Federal do Paraná

Notícias

IFPR participa do programa de desenvolvimento da cafeicultura familiar de Ivaiporã

Publicado em

Copiado!

O programa de desenvolvimento da cafeicultura familiar tem por objetivo a ampliação da renda dos cafeicultores familiares do município de Ivaiporã por meio da substituição de lavouras prejudicadas pelas geada ou improdutivas.

O programa prevê o fornecimento de 100.000 mudas anuais a preço de custo, o fornecimento de calcário e assistência técnica aos produtores que aderirem ao programa. As condições de participação são a obediência à tecnologia acordada com a assistência técnica e a adoção de princípios ecológicos de produção. Serão priorizados  agricultores que permitam a participação dos seus filhos nas decisões de implementação da lavoura e/ou tenham filhos participando de cursos profissionalizantes em ciências agrárias.

As mudas de cafeeiro serão produzidas em viveiro já instalado no Câmpus do IFPR. A professora do curso de Agroecologia, Ellen Rúbia Diniz, comenta que a participação do Instituto se dará por meio do uso da estrutura física do viveiro do Câmpus Ivaiporã, arcando ainda com a responsabilidade técnica da produção de mudas. “É uma oportunidade para cumprir com a finalidade educacional e tecnológica do IFPR e, ainda, promover o desenvolvimento em bases sustentáveis”, comentou a professora.

O viveiro também servirá como laboratório para aulas práticas com os alunos do curso Técnico em Agroecologia e para a realização de estágios. A assistência técnica aos cafeicultores selecionados será realizada pelos técnicos da Emater.

O Programa será financiado pela Prefeitura Municipal de Ivaiporã. O prefeito de Ivaiporã, Cyro Fernandes Corrêa Júnior, coordena pessoalmente as reuniões de planejamento. De acordo com ele, possivelmente em setembro de 2011 será iniciado o trabalho no viveiro para o preparo das mudas. Inicialmente, o programa contemplará 25 agricultores. No segundo ano de implantação o programa será ampliado tanto para outros produtores quanto para outras localidades do município.

O programa é uma iniciativa de um grupo de entidades como Prefeitura Municipal de Ivaiporã, Emater, Instituto Federal do Paraná, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Associação de Agricultores de Jacutinga e Santa Bárbara e a Cocari.

Fonte: Câmpus Ivaiporã

Topo