IFPR recebe terreno para câmpus em Cascavel – Instituto Federal do Paraná

Notícias

IFPR recebe terreno para câmpus em Cascavel

Publicado em

Copiado!

Nesta quinta-feira (05), o Instituto Federal do Paraná (IFPR) recebe a escritura do terreno para a instalação da sede definitiva do Câmpus Cascavel. O imóvel cedido pela Prefeitura fica na Avenida das Pombas, Bairro Floresta. A solenidade marca o cumprimento de mais uma etapa para a instalação da unidade, anunciada em 16 de agosto de 2011, no contexto da terceira fase de ampliação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Até 2011, o câmpus Cascavel era vinculado a unidade de Foz do Iguaçu. A autonomia administrativa também trouxe a expectativa de ampliação do número de cursos. Após a instalação do novo câmpus, está prevista a criação de mais dois cursos técnicos e a contratação de novos servidores por meio de concurso público.

O IFPR já está em funcionamento em Cascavel desde 2010, na Escola Municipal Aníbal Lopes da Silva. As atividades iniciaram com aulas de Auxiliar de Carpintaria, na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC). Atualmente, o câmpus oferta o curso técnico subsequente em Informática. Para o professor Luiz Carlos Eckstein, diretor geral do câmpus Foz do Iguaçu, a doação oficial do terreno consolida definitivamente o IFPR na Região Oeste. “Este ato é muito importante para nós e para a cidade de Cascavel diante da missão dos Institutos Federais de promover a Educação Profissional e Tecnológica de excelência, comprometida com a justiça social; é com esse objetivo que iremos contribuir para o desenvolvimento de toda a região”.

Expansão

Os outros municípios previstos para receber unidades do IFPR são Pitanga, Pinhais, União da Vitória, Capanema, Colombo e Jaguariaíva. A consolidação dos novos câmpus será realizada nos próximos três anos. Após a transmissão da posse do terreno, de aproximadamente 60 mil m², cabe também às prefeituras realizar os ajustes de acesso, pontos de água e luz e realização da sondagem (processo de exploração e reconhecimento do subsolo, para se obter subsídios que irão definir o tipo e o dimensionamento das fundações que servirão de base para a edificação) no terreno.

“A primeira etapa de implantação das novas unidades está prevista para setembro com a construção dos blocos administrativos”, explica o professor Irineu Mario Colombo, reitor do IFPR. “Estamos seguindo um projeto padrão, que será comum a todos os câmpus e que foi elaborado por nossa equipe de engenheiros e arquitetos junto aos profissionais dos Institutos Federais de São Paulo, Sergipe e Rio Grande do Norte. Logo após a construção do bloco administrativo é a vez do didático. Cada unidade receberá um investimento de aproximadamente R$ 14 milhões”, explica.

O reitor enfatiza que o objetivo dos Institutos Federais é preparar as pessoas para enfrentar os desafios do mundo do trabalho, o que potencializa o crescimento econômico e social do país. “Por isto, precisamos investir na educação profissional e na formação de professores”, destaca, referindo-se à Lei 11.892/2008, que determina que os Institutos Federais precisam reservar 50% das vagas aos cursos técnicos, 20% para licenciaturas e 30% para as demais modalidades (Educação à Distância, Pós-Graduação, Bacharelados, Tecnólogos, etc.).

Solenidade

A solenidade com o prefeito Edgar Bueno ocorrerá nesta quinta, dia 05 de abril,  às 10h30 no gabinete do prefeito, no 3º piso do Paço Municipal.Já está confirmada a presença do reitor do IFPR, professor Irineu Mario Colombo, do diretor geral do câmpus de Foz do Iguaçu, professor Luiz Carlos Eckstein e da Comissão de Expansão do IFPR, Pedro Pacheco e  Zita Castro Machado.

 

 

Topo