Representante da Secretaria da Mulher realiza palestra na Reitoria – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Representante da Secretaria da Mulher realiza palestra na Reitoria

Publicado em

Copiado!

Nesta sexta-feira (11), foi realizada, na Reitoria do Instituto Federal do Paraná, a palestra “Mulheres e seus desafios na sociedade atual e enfrentamento da violência”, com a assessora técnica da Secretaria Municipal Extraordinária da Mulher, Marisa Mendes de Souza. O encontro abordou diversas questões sobre o trabalho atual em relação a esse tema em Curitiba, além de apresentar dados alarmantes: em 2015, no ranking da violência contra a mulher, Curitiba era a 18ª capital com mais ocorrências – e o Brasil era o 5º no mundo.

Larissa Mellinger, Diretora de Extensão, Inclusão e Cultura da Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação (Proepi) – unidade organizadora do evento – destaca que a palestra foi promovida no sentido de trazer discussões importantes para o ambiente de trabalho. “A iniciativa vem ao encontro de uma política institucional que está sendo construída de afirmação dos direitos humanos no IFPR, na qual a questão de gênero e o enfrentamento da violência contra a mulher é um dos pontos principais”, afirma Larissa. Segundo a diretora, por meio do momento de reflexão, foi possível perceber como a questão é delicada e prioritária em vários municípios onde o Instituto possui campus. “Sendo uma instituição pública de ensino, que preconiza a inclusão, pudemos vislumbrar a importância de a nossa instituição se inserir nessa reflexão, no debate e em ações práticas que possam colaborar no enfrentamento de diferentes violências e desigualdades sociais nos municípios do nosso estado”, complementa.

Iniciativas como essa são relevantes também pois, além de ajudarem a formar pessoas mais conscientes, contribuem na multiplicação do tema, como destaca Franciele Garcia, servidora da Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento  Institucional (Proplan): “Adorei a palestra. Hoje, posso afirmar que me sinto mais segura e consciente sobre o tema. Vou divulgar bastante o Disk Denúncia 180, pois, como foi dito na palestra, a mulher pode ser vítima de vários tipos de violência nos mais diferentes lugares, e esse é o principal canal para denúncia”.

Topo