Seminário experiencial capacita gestores do IFPR para a superação de desafios – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Seminário experiencial capacita gestores do IFPR para a superação de desafios

Publicado em

Copiado!

“Aprendizado para a vida e para o trabalho, com valorização da convivência e da construção coletiva”; “reconstrução de valores profissionais e pessoais”; “compromisso e trabalho em equipe”; Foi com frases como estas que os participantes do I Seminário de Trabalho Experiencial (Setex) resumiram o significado do evento. Voltado a cerca de 170 técnicos administrativos e docentes, que atuam como gestores nas diversas unidades do IFPR, o encontro foi realizado nesta semana, em Tijucas do Sul/PR. O tema foi “Superando desafios: uma proposta de atividades experienciais para os gestores e líderes do IFPR”.

Todo o encontro foi baseado na metodologia experiencial, que exige a participação de toda a equipe para se chegar ao resultado estabelecido. O objetivo era o de oferecer oportunidade para a prática de conceitos gerenciais e organizacionais para o fortalecimento de competências de coordenação e organização dos processos de trabalho, tomada de decisão e orientação para resultados. E as metas foram plenamente alcançadas, na avaliação da Pró-Reitora de Gestão de Pessoas do IFPR, Neide Alves. “Além disso, também percebemos a importância do intercâmbio entre as pessoas, principalmente quando levamos em conta o caráter multicâmpus do IFPR”.

Duas turmas do I Setex já haviam se reunido em novembro do ano passado – agora, outras três foram organizadas.

De novembro para cá, segundo Neide Alves, alguns avanços puderam ser percebidos. “Temos visto transformações de atitudes de alguns gestores do IFPR, o que é muito importante, pois aponta para resultados práticos das ações de capacitação, melhora o ambiente e trabalho na unidade, e entre as unidades, principalmente com relação às câmpus mais distantes, devido à aproximação que o Setex propicia”, comenta.

O sucesso do I Setex e o retorno dado pelos participantes reforçam o interesse pela continuidade e ampliação da proposta. É o que explica a coordenadora do evento Susan Raittz Cavallet (Progepe), psicóloga e administradora que colabora no Desenvolvimento de Equipes: “O Setex já está incluído no Calendário Institucional e temos a perspectiva de ampliar as ações de capacitação para outros eixos de trabalho”.

“Para os servidores novos, por exemplo, estão sendo planejadas ações de ambientação logo após a posse, com foco na abordagem integradora”, diz. Outra possibilidade é a reorganização da Semana de Integração do Servidor, para que, cada vez mais, ela possa ter abordagens semelhantes à do Setex. “E outra possibilidade que estamos estudando é o desenvolvimento de um trabalho com os grupos naturais, mais voltado às equipes que trabalham juntas cotidianamente, reforçando os laços entre as pessoas”, afirma.

A capacitação no IFPR

Com relação à capacitação dos servidores, a Progepe tem atuado em quatro eixos. O primeiro é o “Servidor Público no IFPR”, que enquadra, por exemplo, ações de ambientação, formação geral, integração e desenvolvimento de equipes. Outro é o “Gestor Público no IFPR”, que contempla, entre outras ações, o Setex.

“A Educação no IFPR” é um terceiro eixo. Ele preconiza que sejam desenvolvidas ações para dar ao coletivo de todos os servidores do Instituto as diretrizes conceituais e práticas necessárias para o pleno desenvolvimento do trabalho das diversas unidades da instituição.

O último eixo chama-se “O Facilitador da Aprendizagem Institucional no IFPR” e tem foco no incentivo à troca de experiências, conhecimentos e práticas entre os servidores.

Veja fotos do Setex na Página do IFPR no Facebook.

 

Confira, a seguir, algumas falas de participantes do IFPR, extraídas do relatório final do evento* (os autores não são identificados).

 

Qual será seu compromisso de melhoria diante dos temas abordados no Seminário?

– Aplicação das experiências vivenciadas no desenvolvimento das atividades profissionais;

– Continuar focado no melhoramento da equipe, potencializando as competências individuais;

– Mais comunicação; mais valorização;

– Planejar mais as ações, buscar uma melhor organização e passar para os colegas informações mais claras;

– Trabalhar pequenas ações no dia a dia com menos euforia e mais planejamento.

 

Resuma em uma frase o que significou o seminário para você

– Ele desmistificou esse evento para mim, pois achava que ele seria comum, no que diz respeito às considerações feitas. No entanto, não foi. Foi fundamental.

– O seminário provocou reflexão diante do momento vivido.

– Serviu para refletir e não deixar de acreditar que é possível fazer melhor e aprender diariamente valorizando desde as pequenas conquistas às maiores (focar nas coisas boas)

– Significou conhecer melhor as pessoas que fazem parte do meu cotidiano e mostrar que eu posso me surpreender com os colegas e comigo mesma.

 

Fonte: Adventure Experiences – Treinamento Empresarial.

Topo