Tipos de Ingresso – Instituto Federal do Paraná

Tipos de Ingresso

Última atualização:

Copiado!

 

O Ingresso nos cursos do IFPR pode ser feito através de:

Processo Seletivo

O ingresso nos Cursos Técnicos de Nível Médio (forma integrada ao ensino médio, concomitante e subsequente) e de Graduação (Licenciatura, Bacharelado e Tecnologia) do IFPR far-se-á mediante processo seletivo público a partir de critérios e normas definidas em edital específico.

A elaboração do Edital do Processo Seletivo de Ingresso é de responsabilidade da PROENS articulada com as Direções Gerais de campus.

A seleção deverá contemplar as políticas de ações afirmativas.

Processo Seletivo Simplificado – PSS

O ingresso nos cursos de Formação Inicial e Continuada, PROEJA-FIC, Cursos Técnicos PROEJA, Cursos de Especialização do IFPR faz-se-á mediante Processo Seletivo Simplificado público a partir de critérios e normas definidas em edital específico.

O Processo Seletivo Simplificado de Cursos FIC é definido em edital específico do campus.

O Processo Seletivo Simplificado de Cursos PROEJA-FIC, Cursos Técnicos PROEJA, Cursos de Especialização é definido em edital específico da PROENS.

 

As seleções de cursos FIC, PROEJA-FIC e Cursos Técnicos PROEJA  deverão contemplar as políticas de ações afirmativas.

 

Sistema de Seleção Unificada – Sisu

O Sistema de Seleção Unificada – Sisu é destinado ao preenchimento de vagas dos cursos de graduação do IFPR. O Sisu no IFPR é uma forma de seleção complementar ao Processo Seletivo Geral do IFPR.

.

O Sistema de Seleção Unificada/Sisu, de responsabilidade do Ministério da Educação/MEC, utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) do ano correspondente ao ano da edição do Sisu como base para a classificação dos candidatos inscritos no referido sistema que indicaram os cursos do IFPR.

 

O Sisu caracteriza-se enquanto um sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação, por meio do qual são ofertadas vagas em cursos de graduação disponibilizadas pelas instituições públicas de educação superior dele participantes.

A adesão ao Sisu é de responsabilidade da PROENS articulada com as Direções Gerais de campus.

A seleção deverá contemplar as políticas de ações afirmativas.

 

Transferências interna, externa e aproveitamento de cursos

O ingresso nos cursos técnico de nível médio e de graduação, através de transferência interna e externa e aproveitamento de cursos técnicos de nível médio, do IFPR, far-se-á mediante processo seletivo público a partir de critérios e normas definidas em edital específico.

  • Transferência interna: transferência de estudante regularmente matriculado em curso do IFPR para outro curso de mesmo nível e forma de oferta no mesmo Câmpus ou em outro campus do IFPR, a partir do 2º (segundo) período letivo do curso, mediante a existência de vaga, seguindo os critérios divulgados em edital.
  • II. Transferência externa: disponibilizada para estudante matriculado em curso de outras instituições de ensino para ingresso em curso de mesmo nível e forma de oferta a partir do 2º (segundo) período letivo do curso, mediante a existência de vaga, seguindo os critérios divulgados em edital.
  • III. Aproveitamento de Curso: o ingresso de estudante já diplomado em um curso de mesmo nível e forma de oferta, a partir do 2º (segundo) período letivo do curso, mediante a existência de vaga, seguindo os critérios divulgados em edital.

A elaboração do Edital do Processo Seletivo é de responsabilidade da PROENS articulada com as Direções Gerais de campus.

 

Convênio Cultural, Educacional e/ou Científico e Tecnológico

O ingresso de estudantes estrangeiros, decorrente de celebração de acordo de convênio cultural, educacional e/ou científico e tecnológico entre o Brasil e outros países, está sujeito à criação de vagas em edital específico.

.

Topo

Opinião

Sua opinião é importante para melhorar o site do IFPR.
Responda o questionário e nos ajude a fazer um site cada vez melhor.