A partir desta semana, pedreiros poderão obter certificação profissional – Instituto Federal do Paraná

Notícias

A partir desta semana, pedreiros poderão obter certificação profissional

Publicado em

Copiado!

A partir desta quinta-feira (1), os trabalhadores da Construção Civil de Curitiba e Região  poderão iniciar o processo de reconhecimento de saberes para fins de certificação profissional. O edital do Programa Certific será publicado nas próximas horas no site do IFPR – inscrições também poderão ser feitas na Agência do Trabalhador (Pedro Ivo, 744). Lançado oficialmente em Curitiba nesta terça (30), o programa é um marco na Educação Profissionalizante por partir da premissa da valorização dos saberes adquiridos pelos trabalhadores em sua trajetória profissional. 

Inicialmente, o Certific será ofertado apenas no Câmpus Curitiba para trabalhadores com o perfil de pedreiro. Em breve, o programa será ampliado para profissões do setor de Turismo e Hospitalidade e também para as demais cidades que possuem câmpus do IFPR.

O Certific foi pensado para trabalhadores como o pedreiro José Aparecido Dias, que representou a categoria no lançamento do Programa. Ele cursou até a quinta série do Ensino Fundamental e, quando adolescente,  aprendeu o ofício com o pai. “Além de obter a certificação profissional, espero dar continuidade aos estudos”, disse. “Com o programa, toda a nossa categoria pode ser beneficiada”, comemorou.

“O Certific parte do princípio de que o ensinar e o aprender são processos que não são exclusivamente escolares”, afirmou o reitor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Irineu Colombo. “Iremos receber os trabalhadores e, porque não, também aprender com os ensinamentos repassados pelos seus pais, avôs, amigos, irmãos, colegas de trabalho e a partir desses conhecimentos, quando necessário, complementar a formação, por meio de cursos de formação inicial e continuada (FIC) de nível fundamental”, explicou.

Segundo o secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Cláudio Romanelli, o Certific na área da Construção Civil, atende a demandas sociais e também do setor produtivo: “Cada vez mais, as empresas têm exigido formação profissional e agora isso está ao alcance dos trabalhadores, gratuitamente”. “É uma oportunidade de crescimento pessoal e também de aumento de renda para eles”, disse.

“No próprio IFPR, por exemplo, temos o curso Técnico em Edificações; em breve, esperamos ver muitos desses trabalhadores cursando os nossos cursos regulares”, comentou o diretor do Câmpus Curitiba, Luiz Gonzaga Alves de Araújo.

No Paraná, o Certific está sendo consolidado por meio de uma parceria com o Governo do Estado, representado pelas secretarias do Trabalho Emprego e Economia Solidária (SETPS) e da Educação, com o apoio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), Sistema Nacional do Emprego (Sine/PR); Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil e Sinduscon-PR.

Também participaram do lançamento do Programa o superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego, Neivo Beraldin; o secretário de Estado para a Copa do Mundo de 2014, Mário Celso Cunha; o secretario municipal do Trabalho Paulo Afonso Bracarense, a coordenadora de segurança alimentar e nutricional da SEDS, Miriam Brunetta, e a professora Dominique Helena Giordano Gonzáles (IFPR), coordenadora regional da Rede Certific.

Saiba mais sobre a Rede Certific: Trabalhadores da Construção Civil poderão ter certificação profissional

Veja mais fotos Página do IFPR no Facebook

A partir desta semana, pedreiros poderão obter certificação profissional

 

Rede Certific, em Curitiba, foi lançada oficialmente nesta terça-feira; em breve programa será ampliado para outras cidades e áreas de atuação

 

A partir desta quinta-feira (1), os trabalhadores da Construção Civil de Curitiba e Região poderão iniciar o processo de reconhecimento de saberes para fins de certificação profissional. O edital do Programa Certific será publicado nas próximas horas no site do IFPR – inscrições também poderão ser feitas na Agência do Trabalhador (Pedro Ivo, 744). Lançado oficialmente em Curitiba nesta terça (30), o programa é um marco na Educação Profissionalizante por partir da premissa da valorização dos saberes adquiridos pelos trabalhadores em sua trajetória profissional.

 

Inicialmente, o Certific será ofertado apenas no Câmpus Curitiba para trabalhadores com o perfil de pedreiro. Em breve, o programa será ampliado para profissões do setor de Turismo e Hospitalidade e também para as demais cidades que possuem câmpus do IFPR.

 

O Certific foi pensado para trabalhadores como o pedreiro José Aparecido Dias, que representou a categoria no lançamento do Programa. Ele cursou até a quinta série do Ensino Fundamental e, quando adolescente, aprendeu o ofício com o pai. “Além de obter a certificação profissional, espero dar continuidade aos estudos”, disse. “Com o programa, toda a nossa categoria pode ser beneficiada”, comemorou.

 

“O Certific parte do princípio de que o ensinar e o aprender são processos que não são exclusivamente escolares”, afirmou o reitor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Irineu Colombo. “Iremos receber os trabalhadores e, porque não, também aprender com os ensinamentos repassados pelos seus pais, avôs, amigos, irmãos, colegas de trabalho e a partir desses conhecimentos, quando necessário, complementar a formação, por meio de cursos de formação inicial e continuada (FIC) de nível fundamental”, explicou.

 

Segundo o secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Cláudio Romanelli, o Certific na área da Construção Civil, atende a demandas sociais e também do setor produtivo: “Cada vez mais, as empresas têm exigido formação profissional e agora isso está ao alcance dos trabalhadores, gratuitamente”. “É uma oportunidade de crescimento pessoal e também de aumento de renda para eles”, disse.

 

“No próprio IFPR, por exemplo, temos o curso Técnico em Edificações; em breve, esperamos ver muitos desses trabalhadores cursando os nossos cursos regulares”, comentou o diretor do Câmpus Curitiba, Luiz Gonzaga Alves de Araújo.

 

No Paraná, o Certific está sendo consolidado por meio de uma parceria com o Governo do Estado, representado pelas secretarias do Trabalho Emprego e Economia Solidária (SETPS) e da Educação, com o apoio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), Sistema Nacional do Emprego (Sine/PR); Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil e Sinduscon-PR.

 

Também participaram do lançamento do Programa o superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego, Neivo Beraldin; o secretário de Estado para a Copa do Mundo de 2014, Mário Celso Cunha; o secretario municipal do Trabalho Paulo Afonso Bracarense e a professora Dominique Helena Giordano Gonzáles (IFPR), coordenadora regional da Rede Certific.

 

Leia mais: Trabalhadores da Construção Civil poderão ter certificação profissional https://ifpr.edu.br/2011/08/29/trabalhadores-da-construcao-civil-poderao-ter-certificacao-profissional/#more-21704

 

 

 

 

 

 

A partir desta semana, pedreiros poderão obter certificação profissional

Rede Certific, em Curitiba, foi lançada oficialmente nesta terça-feira; em breve programa será ampliado para outras cidades e áreas de atuação

A partir desta quinta-feira (1), os trabalhadores da Construção Civil de Curitiba e Região  poderão iniciar o processo de reconhecimento de saberes para fins de certificação profissional. O edital do Programa Certific será publicado nas próximas horas no site do IFPR – inscrições também poderão ser feitas na Agência do Trabalhador (Pedro Ivo, 744). Lançado oficialmente em Curitiba nesta terça (30), o programa é um marco na Educação Profissionalizante por partir da premissa da valorização dos saberes adquiridos pelos trabalhadores em sua trajetória profissional.

Inicialmente, o Certific será ofertado apenas no Câmpus Curitiba para trabalhadores com o perfil de pedreiro. Em breve, o programa será ampliado para profissões do setor de Turismo e Hospitalidade e também para as demais cidades que possuem câmpus do IFPR.

O Certific foi pensado para trabalhadores como o pedreiro José Aparecido Dias, que representou a categoria no lançamento do Programa. Ele cursou até a quinta série do Ensino Fundamental e, quando adolescente,  aprendeu o ofício com o pai. “Além de obter a certificação profissional, espero dar continuidade aos estudos”, disse. “Com o programa, toda a nossa categoria pode ser beneficiada”, comemorou.

“O Certific parte do princípio de que o ensinar e o aprender são processos que não são exclusivamente escolares”, afirmou o reitor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Irineu Colombo. “Iremos receber os trabalhadores e, porque não, também aprender com os ensinamentos repassados pelos seus pais, avôs, amigos, irmãos, colegas de trabalho e a partir desses conhecimentos, quando necessário, complementar a formação, por meio de cursos de formação inicial e continuada (FIC) de nível fundamental”, explicou.

Segundo o secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Cláudio Romanelli, o Certific na área da Construção Civil, atende a demandas sociais e também do setor produtivo: “Cada vez mais, as empresas têm exigido formação profissional e agora isso está ao alcance dos trabalhadores, gratuitamente”. “É uma oportunidade de crescimento pessoal e também de aumento de renda para eles”, disse.

“No próprio IFPR, por exemplo, temos o curso Técnico em Edificações; em breve, esperamos ver muitos desses trabalhadores cursando os nossos cursos regulares”, comentou o diretor do Câmpus Curitiba, Luiz Gonzaga Alves de Araújo.

No Paraná, o Certific está sendo consolidado por meio de uma parceria com o Governo do Estado, representado pelas secretarias do Trabalho Emprego e Economia Solidária (SETPS) e da Educação, com o apoio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), Sistema Nacional do Emprego (Sine/PR); Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil e Sinduscon-PR.

Também participaram do lançamento do Programa o superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego, Neivo Beraldin; o secretário de Estado para a Copa do Mundo de 2014, Mário Celso Cunha; o secretario municipal do Trabalho Paulo Afonso Bracarense e a professora Dominique Helena Giordano Gonzáles (IFPR), coordenadora regional da Rede Certific.

Leia mais: Trabalhadores da Construção Civil poderão ter certificação profissional https://ifpr.edu.br/2011/08/29/trabalhadores-da-construcao-civil-poderao-ter-certificacao-profissional/#more-21704

Topo