IFPR é destaque na 3ª Feira do Emprego de Curitiba – Instituto Federal do Paraná

Notícias

IFPR é destaque na 3ª Feira do Emprego de Curitiba

Publicado em

Copiado!

O estande do IFPR foi um dos mais movimentados da 3ª Feira do Emprego de Curitiba, realizada no fim de semana. O evento reuniu mais de 50 mil pessoas à busca de inserção no mundo do trabalho e qualificação profissional. Servidores e alunos falaram sobre os cursos e serviços oferecidos pelo Instituto. Centenas de interessados nos cursos técnicos e superiores do IFPR foram cadastrados e poderão receber notícias e informações sobre processos seletivos e sobre o Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O metalúrgico Giovani Vieira do Prado, de 22 anos, terminou o Ensino Médio com 17 e agora sente a necessidade de voltar a estudar. Ele ficou interessado no Curso Técnico em Administração. “Eu não conhecia o Instituto e fiquei empolgado com a possibilidade de estudar em uma instituição federal, até mesmo porque com o salário que recebemos não conseguimos pagar uma universidade particular”, contou. Ele adianta que já é um candidato garantido para o Processo Seletivo, que será realizado no mês de outubro. “Vou começar a estudar desde agora; como o mercado de trabalho está cada vez mais acirrado, quem não tem qualificação fica para trás, por isso é importante ter uma boa formação – quem é formado em uma federal recebe tratamento totalmente diferente por parte dos empregadores”, opinou.

Outro futuro candidato a um curso do IFPR é Davi de Ramos Brites, que cogita a possibilidade de cursar o superior em Contabilidade. “Não conhecia o IFPR e esse curso me chamou bastante a atenção, porque sempre fui bom com números”, conta. “Muitas pessoas, como eu, querem ter formação superior, mas cursos como esse em instituições privadas são caros, por isso vou comentar sobre o Instituto para todos os meus colegas”, afirma.

Para o diretor geral do Câmpus Curitiba, Cícero José Albano, a participação na Feira é estratégica para o IFPR. “A marca IFPR ainda é pouco conhecida, muitas pessoas ainda não sabem o que é o Instituto e ficam surpresas ao saber que os cursos são todos gratuitos, por isso ações de divulgação como esta são essenciais”.

No ano que vem, o estande o IFPR deverá ser maior, conta o coordenador da participação do IFPR na Feira, o diretor de convênios e estágios Marcelo Silva, da Pró-Reitoria de Interação com a Sociedade (PRI): “Achamos necessário ter um espaço exclusivo para a Massoterapia, que atraiu muito a atenção dos visitantes, que puderam ser atendidos gratuitamente pelos alunos do curso”. “Além disso, com um espaço maior, teremos melhores condições de apresentar de forma mais adequada os outros cursos do IFPR em Curitiba”, explica. O coordenador destacou também o envolvimento dos servidores e alunos. “É um diferencial do nosso estande em relação às outras instituições.”

Números da Feira
A Feira registrou aumento de 42% no número de contratações em relação ao ano passado. Das 5 mil vagas de trabalho oferecidas neste ano, 4,1 mil foram preenchidas. Nos dois dias do evento, as 53 empresas participantes realizaram 57 mil atendimentos e 5,6 mil entrevistas. Em 2010, foram 2,4 mil contratações para 5 mil vagas ofertadas e 70 mil atendimentos realizados. “Já esperávamos uma queda no número de atendimentos, em virtude da própria queda do desemprego em Curitiba e região nos últimos doze meses”, comenta o secretário do Trabalho e Emprego de Curitiba, Paulo Bracarense.

Taxa de desemprego
Números do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) confirmam que a taxa de desemprego em Curitiba é inferior a 3% – a menor entre as capitais. Os dados foram comemorados pelo prefeito Luciano Ducci, que também visitou o estande do IFPR. “Curitiba vive o pleno emprego, mas é cada vez mais importante que as pessoas estejam preparadas e qualificadas para o mercado de trabalho”. “Essa possibilidade que criamos, de várias instituições de ensino estarem mostrando os seus cursos aqui facilita muito a vida das pessoas para que elas consigam viabilizar o seu emprego”, afirmou.

Novidades
Segundo Ducci, o evento entrará no calendário oficial da cidade. “Ainda estamos com outras ideias, inclusive uma feira só do primeiro emprego já para os próximos meses, além de uma feira de empregabilidade para pessoas com deficiência”, adiantou.

Com informações da Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego

 

 

Topo