IFPR marca presença em palestra de Leonardo Boff – Instituto Federal do Paraná

Notícias

IFPR marca presença em palestra de Leonardo Boff

Publicado em

Copiado!

Alunos e servidores dos câmpus e da reitoria do IFPR estiveram presentes, nesta quarta (24), na palestra do teólogo, escritor e professor Leonardo Boff, que aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR). “O cuidado de si, do mundo e do outro no contexto das crises contemporâneas” foi o tema do encontro, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia e pelo Departamento de Psicologia da UFPR.

Cinco professores, duas técnicas administrativas e 46 alunos do primeiro e do segundo ano do Curso Técnico em Meio Ambiente do Câmpus Paranaguá marcaram presença no evento, além de duas estudantes da Especialização em Gestão Ambiental. Segundo a Professora Izabel Carolina Raittz Cavallet, o passeio foi além das expectativas. “Quando soubemos da palestra, nos articulamos para levarmos os alunos como uma atividade complementar e integradora de disciplinas. É empolgante perceber que muito do que o Boff fala queremos aplicar no IFPR, em uma tentativa de reestruturar e mudar a educação atual”, declara. Para o Professor Allan Paul Krelling, “de forma integrada, o Boff abordou a maioria dos temas que estamos discutindo com os alunos em sala. Vejo que ele é um grande exemplo para entendermos como todos os componentes se interligam e formam nossa maneira de pensar e agir”.

As alunas Tamara Martins e Julia Domingues, do Câmpus Paranaguá, afirmam que puderam ver a importância do aprendizado e como poderão usá-lo fora do IFPR. “Deu pra ter uma noção também de como debater e defender ideias. Enfim, pareceu uma conversa de amigos”, conclui Tamara. Confira as fotos desse encontro de gerações no Facebook. 

Servidores de diversos setores da Reitoria também compareceram, inclusive Aneliana da Silva Prado, da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe), que finaliza: “Ele falou algo que tem muito a ver com o nosso trabalho: ‘A ciência não pode se despir da preocupação com o humano, assim como as outras áreas não devem ignorar o que a ciência descobre, e, assim, fica latente a importância de colocar o cuidado consigo, com o outro e com o planeta no centro de nossas ações’”.]]>

Topo