Pagamento da taxa de inscrição deve ser feito até o dia 09 de setembro – Instituto Federal do Paraná

Notícias

Pagamento da taxa de inscrição deve ser feito até o dia 09 de setembro

Publicado em

Copiado!

O candidato escolhe um curso técnico, acessa o site do Núcleo de Apoio a Processos de Seleção (NAPS) do IFPR para buscar mais informações e preenche corretamente todos os dados solicitados na ficha de inscrição dentro do prazo estabelecido no Edital 010/2013, dia 1º de setembro. Todo esse trabalho, no entanto, não garante a inscrição no Processo Seletivo 2014 e pode ser em vão se o pagamento da taxa de R$ 35 não for efetuado. Aqueles que ainda não realizaram o pagamento têm até o dia 09 de setembro, data de vencimento do boleto gerado pelo sistema no ato da inscrição. O documento pode ser reimpresso por meio do site do NAPS. Só assim o candidato vai concluir a inscrição no processo seletivo e estará apto a fazer a prova que vai selecionar os futuros estudantes do IFPR.

Candidatos puderam pedir a isenção da taxa de inscrição

O Edital nº 10/2013, que rege o processo de seleção para o próximo ano, deu a possibilidade para os candidatos solicitarem a isenção do pagamento da taxa de inscrição. O pedido pôde ser realizado até o dia 15 de agosto, na Secretaria Acadêmica dos câmpus do IFPR. O benefício foi concedido aos estudantes que comprovaram possuir renda familiar percapita inferior a 1,5 salário mínimo e ter estudado durante o Ensino Fundamental ou Médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada.

As listas contendo o nome dos beneficiados em cada câmpus estão disponíveis no site do NAPS. Os candidatos que tiveram o pedido indeferido devem reimprimir o boleto de inscrição e realizar o pagamento até o dia 09 de setembro.

Provas versarão sobre os conhecimentos do ensino fundamental e médio

O Processo Seletivo 2014 será realizado no dia 06 de outubro de 2013, um domingo. A prova tem início às 14h e será realizada simultaneamente nas cidade de Assis Chateaubriand, Campo Largo, Cascavel, Coronel Vivida, Curitiba, Foz do Iguaçu, Irati, Ivaiporã, Jacarezinho, Londrina, Palmas, Paranaguá, Paranavaí, Telêmaco Borba e Umuarama. Os portões que dão acesso aos locais de prova serão fechados às 13h45min. O teste terá 4 horas e 15 minutos de duração. Para os candidatos que farão a prova auxiliados por ledores ou redatores, a duração será de 4 horas e 45 minutos.

Para as três formas de oferta – integrado, concomitante e subsequente – dos cursos técnicos de nível médio, a prova será composta por 55 questões objetivas e três questões discursivas de Língua Portuguesa. O conteúdo a ser abordado pelas questões da prova é aquele ministrado aos estudantes durante os últimos anos do Ensino Fundamental. Do total de questões objetivas, 15 serão de Língua Portuguesa, cinco de História, cinco de Geografia, 15 de Ciências Naturais e 15 de Matemática. Das três questões discursivas, o candidato deve escolher duas para responder. Cada texto deverá ter, no máximo, 10 linhas e valerá até 20 pontos.

Já, para os cursos superiores de bacharelado, tecnologia e licenciaturas, a prova objetiva será composta de 70 questões referentes aos conhecimentos adquiridos no Ensino Médio e por 1 redação. As questões objetivas estão assim distribuídas: 21 questões objetivas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa e Língua Inglesa ou Língua Espanhola); 18 questões objetivas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Física, Química e Biologia); 15 questões objetivas de Matemática e suas Tecnologias; 16 questões objetivas de Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia); e 1 (uma) redação em Língua Portuguesa.

Outras informações sobre o conteúdo programático das provas estão disponíveis dos itens 45 a 59 do Edital 010/2013.

Ensalamento

O ensalamento dos candidatos será divulgado a partir do dia 1º de outubro de 2013, no site do NAPS. O comprovante de ensalamento deverá ser impresso e entregue ao fiscal de sala no dia da prova.

Topo