#ZIKAZERO: ações de mobilização têm continuidade nos campi – Instituto Federal do Paraná

Notícias

#ZIKAZERO: ações de mobilização têm continuidade nos campi

Publicado em

Copiado!

A mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e vírus da zika, não pode parar! Os campi do Instituto Federal do Paraná continuam realizando ações nesse sentido, servindo de exemplo para a população.

Nesta sexta (11), seguindo mais uma data de mobilização nacional, o Campus Telêmaco Borba entregou material informativo da campanha #ZIKAZERO aos alunos e servidores da unidade. O campus já havia se mobilizado, por exemplo, na sexta-feira passada (04), durante a Semana Pedagógica, quando recebeu servidoras da Vigilância Sanitária da Prefeitura para uma palestra a respeito do tema.

Também em continuidade a ações desenvolvidas anterioremente, o Campus Pitanga realizou, na manhã de quarta-feira (09), visita à Escola Municipal Reinaldo Nunes Ferreira. Na ocasião, as professoras Angélica de Sousa Hrysyh e Lilian Orvatti trabalharam com alunos de duas turmas de 5º ano da escola. Foi solicitado a eles que trouxessem garrafas PET vazias, para prepararem, com o auxílio das docentes do IFPR, “armadilhas” para o mosquito. De acordo com as professoras, essa ação pode permitir que os estudantes atuem como propagadores do que aprenderam, com suas famílias e vizinhos.

Nos dias 07 e 08 de março, a Seção Pedagógica e de Assuntos Estudantis do Campus Ivaiporã aproveitou o início das aulas e preparou uma atividade diferente de recepção dos novos ingressantes: além das atividades lúdicas de integração, os alunos foram convidados a plantar mudas de citronela pela unidade, planta com poder repelente frente ao Aedes; foram convidados também a plantar sementes de clotalária para produção de mudas que serão distribuídas futuramente entre os próprios estudantes. A clotalária vem sendo estudada como uma planta capaz de atrair libélulas cujas larvas se alimentam das larvas do mosquito, impedindo sua proliferação. Por fim, os discentes participaram de um momento descontraído: um jogo da memória cujo tema era “Medidas preventivas e informações acerca das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti: dengue, chikungunya e zika”.

Novas atividades já estão sendo programadas pelas unidades do Instituto. O Campus Irati, por exemplo, realizará, no dia 14 de março, uma conversa com os alunos novos que ingressaram no ano letivo de 2016. Tal ação consistirá em orientação e distribuição de material informativo de combate ao Aedes e informações sobre as doenças por ele transmitidas – orientações que serão passadas também aos servidores terceirizados responsáveis pela manutenção e limpeza das áreas internas e externas do campus.

Todas essas iniciativas fazem parte do programa #ZIKAZERO, firmado através do Pacto da Educação Brasileira contra o Zika.

Ações anteriores

IFPR participa de “Faxinaço” contra o mosquito Aedes aegypti
Em dia de “faxinaço” contra o Aedes, campi do IFPR dão exemplo nas ações de combate ao mosquito
#ZIKAZERO: continuidade de ações nos campi do IFPR reforça o combate ao Aedes
#ZIKAZERO: IFPR continua na mobilização nacional contra o Aedes aegypti!

 

Topo